Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Suárez marca o primeiro gol contra a Inglaterra no Itaquerão | TOLGA BOZOGLU/EFE
Suárez marca o primeiro gol contra a Inglaterra no Itaquerão| Foto: TOLGA BOZOGLU/EFE

Homenageado pelo atacante Luiz Suárez, após o primeiro gol celeste, na vitória por 2 a 1 sobre a Inglaterra, nesta quinta (19), no Itaquerão, o fisioterapeuta Walter Ferreira sofre um drama particular.

Em entrevista ao programa "Pasión Tricolor" da rádio AM 1010, Ferreira falou sobre sua condição de saúde. E revelou que só está no Brasil a pedido de Suárez, com quem tem amizade desde que o jogador atuava pelo Nacional do Uruguai, no início de sua carreira.

"Agradeço à comissão técnica pela confiança que tiveram ao mandar Luiz para trabalhar comigo sem um projeto. Eu não podia ir ao centro de treinamentos e o Luiz foi até minha casa para trabalharmos. Valorizo muito isso. A energia que todos puseram, ele, sua família, Minha família... Agradeço de coração e também aos médicos que estão me tratando", disse Ferreira.

Foi durante o período em que trabalhou com Suárez que Ferreira se submeteu à última sessão de quimioterapia.

Conhecido como "mão-santa", Ferreira cuidou de outras grandes estrelas do futebol uruguaio antes de Suárez. Nomes como Ruben Sosa, Fonseca, Paolo Montero e Recoba, todos ex-jogadores da seleção uruguaia, além de Diego Forlán, que ainda está na equipe, passaram pelas mãos do fisioterapeuta.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]