Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | MLADEN ANTONOV/AFP
| Foto: MLADEN ANTONOV/AFP

Um dos clubes sensações do futebol brasileiro em 2017 e outros dois que ainda lutam contra o rebaixamento no Brasileirão terão importante papel na campanha da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

>> Maradona dá beijo em Pelé no sorteio da Copa do Mundo da Rússia

>> Análise: conheça os adversários do Brasil na fase de grupos da Copa da Rússia

>> Tabela completa da Copa do Mundo Rússia 2018

Nesta sexta-feira (1), o Brasil conheceu seus adversários na fase de grupos do Mundial: Suíça, Costa Rica e Sérvia. A primeira seleção será observada pelo campeão da Libertadores, Grêmio, enquanto Costa Rica e Sérvia serão analisados por Avaí e Sport, respectivamente, equipes que tentam evitar a queda na rodada final da Série A.

As análises e relatórios elaborados serão entregues à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A própria entidade definiu a estratégia de pedir a colaboração técnica aos 20 clubes que disputam a Série A deste ano.

Os relatórios enviados pelos clubes serão cruzados, na sequência, com os relatórios internos elaborados pela própria CBF.

No decorrer da Copa, outros clubes brasileiros podem ter papel decisivo na análise dos rivais brasileiros na busca pelo hexa. Confira qual clube da elite nacional ficou responsável por qual seleção do Mundial.

Atlético-GO: França

Atlético-MG: Rússia

Atlético-PR: Islândia e Coreia do Sul

Avaí: Costa Rica

Bahia: Irã

Botafogo: Japão e Suécia

Chapecoense: Inglaterra

Corinthians: Arábia Saudita e Panamá

Coritiba: Bélgica

Cruzeiro: Polônia e Croácia

Fluminense: México

Grêmio: Marrocos e Suíça

Palmeiras: Tunísia e Dinamarca

Ponte Preta: Espanha

Santos: Portugal

São Paulo: Alemanha e Austrália

Sport: Sérvia

Vasco: Nigéria e Egito

Vitória: Senegal

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]