191525

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Copa
  4. Copa 2018
  5. Veja como ficou a seleção da Copa do Mundo 2018

melhores

Veja como ficou a seleção da Copa do Mundo 2018

  • Adriano Ribeiro, André Pugliesi, Daniel Malucelli, Fernando Rudnick e Rodrigo Fernandes
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A Copa do Mundo 2018 consagrou a França como grande campeã, superando a Croácia na final em Moscou neste domingo (15). Com seis jogadores franceses, veja como ficou a seleção dos melhores do Mundial feita pela equipe da Gazeta do Povo:

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/07/15/Esportes/Imagens/Vivo/Cópia de campinho-generico (4).png

Goleiro: Courtois (Bélgica)

O gigante de 1,99 m provou sua qualidade na Copa. Com atuações e defesas fantásticas, levou a Bélgica até a semifinal da Copa. Destaque para a atuação do goleiro contra o Brasil, nas quartas de final.

Zagueiro: Varane (França)

Discreto, preciso e competente, Varane foi símbolo da consistência defensiva da seleção francesa.

Zagueiro: Umtiti (França)

O zagueiro do Barcelona fez um pênalti bobo na primeira fase. Foi seu único erro no Mundial. Seguro, ele se recuperou por completo ao marcar o gol que levou a França à semifinal.

Zagueiro: Vida (Croácia)

O defensor representou a raça croata na Copa do Mundo. Forte no jogo aéreo, ele fez um gol decisivo nas quartas de final contra a Rússia.

Volante: Kanté (França)

Soberano no meio de campo, o volante foi a base da França. Esteve presente em todos os setores do campo e deu proteção para os atacantes Griezmann e Mbappé terem liberdade no ataque.

Meia: Pogba (França)

O jogador do Manchester United foi, ao lado de Kanté, um dos pilares do meio-campo francês. Além de auxiliar na marcação, também foi à frente e marcou dois gols no Mundial, um deles na grande final.

Meia: Modric (Croácia)

Motor e maestro do meio de campo, o meia Modric encantou o mundo o fez história com a Croácia, chegando à decisão pela primeira vez.

Meia: Cheryshev (Rússia)

O meia-atacante russo foi autor dos golaços na Copa e virou queridinho da seleção anfitriã, eliminada nas quartas de final.

Atacante: Hazard (Bélgica)

Capitão e líder da geração belga, Hazard mostrou maturidade suficiente que alçaram o atacante como um dos melhores do planeta após a Copa do Mundo.

Atacante: Mbappé (França)

O jovem de 19 assombrou o mundo com seu talento e velocidade. Repetiu o feito de Pelé ao se tornar o segundo adolescente a marcar dois gols na fase de mata-mata da Copa, além de também deixar sua marca na final.

Atacante: Griezmann (França)

Líder técnico dos Bleus, Griezmann armou o time na Rússia e foi premiado com atuações consistentes. Foram quatro gols e duas assistências no torneio, incluindo um tento na decisão.

Técnico : Deschamps (França)

Contestado pelos franceses antes e durante a Copa, Deschamps fez história: levantou a primeira Copa como capitão do time, em 98, e agora comandou o bicampeonato como treinador.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE