Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Barroca citou gramado e ambiente do Couto como fatores favoráveis ao Coxa na final
Barroca citou gramado e ambiente do Couto como fatores favoráveis ao Coxa na final| Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Gazeta do Povo

Mal a derrota por 1×0 para o Athletico, no último domingo (2), na Arena, tinha acontecido, e o técnico do Coritiba, Eduardo Barroca, já começou a pensar no jogo decisivo do Paranaense, nesta quarta-feira (5), às 20h, no Couto Pereira.

Segundo o treinador, o principal nestes dias foi corrigir as falhas apresentadas na partida, mas também aprimorar o que teve de positivo na casa do adversário.

“Desde que acabou o primeiro jogo a gente já está trabalhando, analisando as imagens e fazendo os ajustes necessários. Temos que fazer o reforço daquilo que andou bem para que possamos repetir bons comportamentos e fazer um jogo de alto nível”, disse ele, em entrevista ao DAZN.

Mas a grande aposta do técnico para reverter a desvantagem é o fato de jogar no Alto da Glória. Apesar de o estádio estar vazio, por conta da pandemia do coronavírus, Barroca ressalta que o time se sente à vontade dentro do Couto.

“A gente tem uma adaptação ao ambiente, ao gramado, uma série de questões que nos fazem nos sentir bem jogando em casa. Os nossos números comprovam isso, mas o que realmente vai fazer a diferença é a nossa capacidade de se sobrepor ao adversário, que é muito bem treinado, com jogadores talentosos”, completou.

Brasileirão

Ao mesmo tempo em que está focado na decisão do Estadual, o comandante coxa-branca também já pensa no Brasileirão. No próximo sábado (8), o Coritiba estreia no torneio contra o Internacional, no Couto. Um começo que ainda terá, na sequência, Bahia (fora), Flamengo (casa), Corinthians (fora) e Red Bull Bragantino (fora).

“O nosso início de campeonato é muito difícil, o primeiro ciclo de cinco jogos são três fora de casa e contra quatro times que estavam em condições internacionais. Mas estamos preparados para começar o campeonato o mais forte possível”, finalizou Barroca.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]