Sandro Forner durante a passagem no J. Malucelli. | Arquivo/Gazeta do Povo
Sandro Forner durante a passagem no J. Malucelli.| Foto: Arquivo/Gazeta do Povo

O Coritiba estuda uma solução caseira para comandar o clube na Série B. Ex-zagueiro do Coxa nos anos 90 e atual técnico da equipe sub-20, Sandro Forner está entre os nomes analisados pelo presidente eleito Samir Namur para a temporada 2018.

Perguntado se Forner tem chance de ser alçado ao profissional, Namur não descartou a possibilidade.

“Tem [chance], sem dúvida. O trabalho que a comissão técnica do sub-20 fez nos últimos dois anos, na nossa avaliação, foi excelente. Existe, sim, a ideia de valorizar esses profissionais”, falou o dirigente, em entrevista no último sábado (9).

“Agora, para ser bem franco com torcedor, não houve sequer conversa com eles ainda. Então tem que se estabelecer uma conversa e ver as pretensões deles, qual a ideia. E aí podemos estabelecer alguma coisa. Mas há a ideia de valorizar esses profissionais”, completou Namur.

Forner, de 46 anos, se encaixa no perfil procurado pelo Coritiba. O clube quer um técnico jovem, adequado ao futebol atual e que venha para “crescer junto com o clube”.

Paulista de Amparo, o treinador está no Coxa desde o início 2015, depois de deixar o comando do J. Malucelli, onde começou como auxiliar de Tcheco no time sub-23. No ano passado, foi promovido a treinador do sub-20 e levou o clube à semifinal do Brasileiro. Neste ano o time terminou a mesma competição como vice-campeão.

Procurado pela reportagem nesta segunda-feira (11), Forner disse que ainda não conversou com Namur. Ele segue trabalhando normalmente visando a Copa São Paulo, em janeiro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]