Jogadores do São Paulo comemoram após a virada no Couto Pereira contra o Coritiba. | Hugo Harada/Gazeta do Povo/
Jogadores do São Paulo comemoram após a virada no Couto Pereira contra o Coritiba.| Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo/

Após sair na frente do marcador, o Coritiba sofreu uma virada relâmpago do São Paulo e perdeu por 2 a 1, na tarde deste domingo (26), no Couto Pereira, pela penúltima rodada do Brasileirão.

Com o placar, o Coxa leva para a última rodada a tensão e responsabilidade de escapar do rebaixamento, diante da Chapecoense, na Arena Condá, no próximo domingo (3).

Após o revés, o time comandado por Marcelo Oliveira cai para a 16.ª posição, com 43 pontos. Apenas um a mais do que o Sport, que abre a área da degola, com 42 pontos.

TABELA: Veja a classificação e os jogos do Brasileirão

O Coritiba saiu na frente do placar. Aos 42 minutos do primeiro tempo, o árbitro Anderson Daronco anotou pênalti do lateral-esquerdo Edmar em Tiago Real, para revolta dos são-paulinos, que reclamaram que a bola bateu na mão do jogador alviverde. Na cobrança, o goleiro Wilson converteu.

Na segunda etapa, veio a virada visitante. Aos 22 minutos, o lateral-direito Militão aproveitou escanteio e empatou. Apenas quatro minutos depois, aos 26, novo cruzamento na área, Galdezani disputa no ar com Rodrigo Caio e faz contra.

Um alento para o Coritiba foi o público divulgado pela diretoria. O Coxa, entretanto, divulgou apenas o público total, sem revelar o pagante. Foram 38.059 torcedores presentes. Marca que supera os 37.714 torcedores que viram Paraná e Boa Esporte, no sábado (25). O publico pagante do Tricolor foi de 36.791.

Craque

Rodrigo Caio

O zagueiro esteve muito bem posicionado durante toda a partida e ainda participou diretamente do gol da virada, ao disputar pelo alto com Galdezani.

Bonde

Werley

O zagueiro falhou em alguns momentos e ainda tomou um cartão bobo no segundo tempo. O terceiro dele, que desfalca a equipe no jogo mais importante do ano, contra a Chapecoense.

Guerreiro

Wilson

O goleiro novamente foi o destaque do Coxa. Além de salvar a equipe seguidas vezes na meta, ainda converteu a penalidade que abriu o placar do jogo para os donos da casa.

Gols

Primeiro tempo

1 x 0 (42 min) – O goleiro Wilson toma pouca distância, bate forte e converte cobrança de pênalti para o Coritiba.

Segundo tempo

1 x 1 (22 min) – Após cobrança de escanteio, o lateral-direito Militão sobe mais alto que a zaga e empata.

1 x 2 (26 min) – Novo levantamento na área do Coxa, o zagueiro Rodrigo Caio divide pelo alto com Galdezani e vira o jogo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]