i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Dívidas

Em busca de Ato Trabalhista, Coritiba faz duas novas propostas. Veja o que o clube oferece

  • 23/07/2020 21:37
Estádio Couto Pereira
Estádio Couto Pereira| Foto: Jonathan Campos, Arquivo Gazeta do Povo

Após ter o primeiro pedido negado, o Coritiba voltou a tentar, de forma judicial, um acordo para a proposta de Ato Trabalhista. Nesta quinta-feira (23), o Coxa apresentou duas novas propostas. A Tribuna do Paraná/Gazeta do Povo teve acesso ao documento com exclusividade.

A primeira proposta é pagar todas as dívidas inadimplentes, que giram em torno de R$ 38 milhões, em oito anos, com juros de 1% ao mês, retendo 20% de sua receita líquida mensal. A segunda seguiria os mesmos termos, mas com um adicional de 20% do valor líquido de futuras vendas de jogadores, o que poderia fazer com que o acordo fosse quitado antes.

Ainda nas propostas, o clube oferta não ter que pagar parcelas em novembro e dezembro, por conta dos altos gastos nesse período, e lembra que entre fevereiro e abril não tem nenhuma receita garantida com transmissões de televisão.

No documento enviado, o Alviverde reforça que, sem o Ato Trabalhista, não conseguirá pagar todas as dívidas antigas. Além disso, lembra que os gastos com folha salarial, envolvendo todos os funcionários, é de R$ 2,4 milhões mensais e, somando todos os gastos, a previsão é de que ainda terá que arcar com um total de R$ 43 milhões de custos até o final do ano, que é muito acima da receita estimada.

Uma forma de convencer o tribunal utilizada pelo Coritiba é que para poder ter dinheiro é preciso se manter na Série A, que é onde se obtém mais receitas. Se toda a receita já estiver bloqueada para pagar as dívidas, a equipe acabará rebaixada e ficará sem como arcar as contas antigas e atuais.

“Evitar o estrangulamento financeiro representado por penhoras sobre receitas futuras correntes do Clube, de modo a garantir previsibilidade na elaboração de orçamento e fluxo de caixa, e assegurar capacidade de realização de investimentos que assegurem a permanência do Clube na Série A do Campeonato Brasileiro de futebol, o que garantirá a obtenção constante de receitas relevantes para fazer frente a todo o seu passivo”, explica.

Outro ponto ressaltado é que, com a pandemia do coronavírus, o time não pôde jogar, sem receitas de bilheteria, e nesse período precisou arcar com gastos.

“O Coritiba pretende, portanto, com o pedido formulado, a obtenção de uma medida excepcional e complexa, numa situação única na história, pois, jamais se imaginou que atletas de alto rendimento, como é o caso do jogador de futebol, seriam forçados a ficarem em quarentena, sem sair de suas casas, por 4 (quatro) meses. O que dizer então do Clube de Futebol, nesse período, quando até os contratos de patrocínio foram rompidos, e de outro lado, as suas obrigações como empregadores continuam diariamente presentes”, diz o relatório.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • V

    VivaoBrasil

    ± 2 dias

    FECHA #forçasamir #ficasamir #samirforever

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • E

      ENEQUIO

      ± 2 dias

      A proposta é fechar as portas (não fara falta)

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • R

        Roberta Santos

        ± 2 dias

        Gostaria de conhecer esse método financeiro que clube de futebol utiliza. TODOS endividados.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        Fim dos comentários.