i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Série B

Coritiba, Sport e Vitória jogam Série B de vida ou morte; entenda o risco

  • PorFernando Rudnick
  • 06/05/2019 19:35
Coritiba, Sport e Vitória jogam Série B de vida ou morte; entenda o risco
| Foto:

Com dívidas somadas que superam a casa dos R$ 500 milhões, Coritiba, Sport e Vitória nunca disputaram um acesso tão importante na Série B do Brasileirão.

Terminar a atual edição, que completou nessa segunda-feira (6) a segunda de suas 38 rodadas, dentro do G4 minimizaria o caótico cenário financeiro do trio, dono das maiores torcidas do campeonato. A permanência na Segundona, por outro lado, resultaria em um sombrio período de estagnação -- e encolhimento -- para as centenárias equipes.

"Não subir em 2019 é um grave risco à sobrevivência financeira do Coritiba", admite o 3.º vice-presidente do Coritiba, Eduardo Bastos de Barros.

"E essa frase é aplicável a todos os grandes times que estão na Série B, como Vitória e Sport", emenda o dirigente, que é professor de direito empresarial e tem MBA em gestão empresarial.

O principal motivo é a remodelação dos contratos de televisão do Brasileirão, válidos a partir deste ano. Até 2018, os times rebaixados sempre jogavam o primeiro ano de Segunda Divisão com a mesma cota da Série A.

No caso do Coxa e dos Leões da Bahia e de Pernambuco, o valor era de R$ 35 milhões para cada um.

Essa peculiaridade contratual representava uma clara vantagem competitiva na busca de uma das quatro vagas do acesso. Diferença de quase cinco vezes para a quantia 'normal' de televisão destinada aos adversários da mesma divisão.

O benefício não vale mais em 2019. Agora, todos os 20 times dividem igualmente a cota televisiva. O valor individual (para TV fechada e pay-per-view) é de R$ 5,6 milhões, mas deve subir para aproximadamente R$ 7 milhões com alguns ajustes da CBF, que aglutina o contrato com a Rede Globo. Não há TV aberta.

Essa prática, que segue até a edição de 2022, reflete em uma perda gigantesca de receita para os 'grandes' da Série B.

No ano passado, por exemplo, o Sport faturou R$ 43,1 milhões com direitos de TV, de acordo com o mais recente balanço financeiro. Para o Vitória, a quantia chegou a R$ 48,5 milhões, enquanto o Coritiba contabilizou R$ 59 milhões.

E sob o novo contrato do Brasileirão (válido para o período 2019-2024), a disparidade da elite é ainda maior. Somente de cota garantida, referente aos 40% do bolo que são fatiados igualmente, cada time receberá R$ 12 milhões.

Quem não for rebaixado também tem direito aos 30% da premiação, que vai de R$ 11 milhões do 16.º colocado a R$ 33 milhões ao campeão. Há ainda mais 30%, destinado à cota de exibição -- ao menos R$ 1,2 milhão por jogo na TV aberta.

Fora os contratos de fechada e PPV, que também representam milhões em receita. "É um abismo infinito que está se abrindo", alerta o recém empossado presidente do Vitória, Paulo Carneiro.

"E nós sabemos que se um dos considerados grandes cair, ele não vai receber a cota prevista para a Série B. Então Coritiba, Sport e Vitória são as grandes vítimas desse processo. É uma grande injustiça", enfatiza.

Apequenamento

Para o jornalista especializado em negócio dos esporte Rodrigo Capelo, do SporTV e GloboEsporte.com, as novas 'regras do jogo' envolvendo a televisão podem causar diminuição na importância dos times mais tradicionais da Série B.

Além da perda de receitas ligadas aos direitos de transmissão -- disparadamente a principal dos clubes brasileiros --, há também outros efeitos colaterais: diminuição do valor dos patrocínios e uma natural queda do dinheiro proveniente de sócios e bilheteria.

"Quando esse processo acontece de médio a longo prazo, o efeito é o apequenamento. Embora seja uma ideia desconfortável para o torcedor ouvir, é o funcionamento do mercado", destaca Capelo, que cita casos dos cariocas Bangu e América, do gaúcho Juventude e da Portuguesa paulista.

Não subir em 2019 é um grave risco à sobrevivência financeira do Coritiba.


Eduardo Bastos de Barros, 3.º vice-presidente do Coritiba

Queda brusca

Não fosse uma milionária -- e até certo ponto inesperada -- injeção de dinheiro referente ao contrato de TV fechada com a Turner, a situação do Coritiba nesta Série B, por exemplo, seria ainda mais delicada.

O clube antecipou R$ 13,6 milhões dos R$ 17 milhões que tem direito como compensação pelas luvas extras pagas ao Palmeiras. A receita representa um fôlego a mais para contratar e fechar as contas na temporada.

Mesmo assim, em apenas um ano, a perda de receita televisiva supera os R$ 38 milhões. Diferença gigantesca para quem já tem passivo na casa de R$ 241 milhões. No caso do Sport, o débito acumulado é de R$ 193,4 milhões. O do Vitória alcança R$ 105 milhões.

Quando a queda na arrecadação é brusca e as dívidas sufocam o clube, a probabilidade de se montar um elenco competitivo cai proporcionalmente. Sem bons jogadores, é mais difícil subir.

É um ciclo vicioso. E quem não se adequar à realidade corre risco real de quebrar.

"Os times que tradicionalmente frequentaram a Série A têm estruturas caras e dívidas compatíveis com essas estruturas. São passivos elevados. Deixar um time desses com uma receita, a grosso modo de até R$ 7 milhões da TV, mais o valor dos sócios, o inviabiliza completamente. Se os clubes ainda não perceberam, precisam perceber de forma urgente que ficar na Série B é um risco à sobrevivência", alerta Eduardo Bastos de Barros, que faz um apelo os torcedores do Coxa.

"A diferença entre subir ou não está na receita dos sócios, nossa segunda maior fonte de renda. A torcida precisa se conscientizar que precisa apoiar no momento bom e no ruim", frisa.

"O Vitória está passando por uma dificuldade financeira terrível. Acabamos de sair da mais grave crise política e institucional da história. Mas estamos confiantes que vamos sair dessa situação", confia Paulo Carneiro.

A Gazeta do Povo tentou contato com o presidente do Sport, Milton Bivar, mas o dirigente não atendeu às diversas ligações.

Notícias do Coritiba
Você pode receber mensagens instantâneas, via WhatsApp, para ficar bem informado sobre tudo o que vai acontecer na Série B e até alguns dos piores momentos dos rivais – assim como vídeos e fotos exclusivas de jogos e treinos. Para receber diariamente as principais notícias, resultados e classificação, basta seguir os passos abaixo. É muito simples. Junte-se a nós na lista de transmissão de notícias do Coxa Doido. Seja bem-vindo ao nosso grupo!

9 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 9 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • D

    Divonsir de Assis

    ± 0 minutos

    O Samir nao pode assumir a culpa da m...da que esta Coritiba sozinho, o tal do Bacelar e sua turma que que afundaram o CORITIBA e sem duvida o grande responsavel. Esse incompetente que ai esta e o menos responsavel, junta-se a ele os socios com direito a voto que colocaram esse m...da ai. Tem que cravar no minimo 37 pontos no priimeiro turno para buscar a vaga com menos sufoco no segundo turno.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • F

      Fábio

      ± 20 horas

      Vejo que Paraná clube não é citado nem entre os casos de clubes mortos vivos como juventude e portuguesa. Descanse em paz? É isto mesmo Gazeta?

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • P

        Paulo Afonso Pasquotto de Lima

        ± 1 dias

        Incompetentência custa caro.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • J

          JoacirSS

          ± 1 dias

          Nosso futebol está a cada ano definhando e esta distribuição injusta por um lado e justa por outro piora ainda mais. Enquanto na série B se faz justiça distribuindo igualmente os valores, na série A continua a diferença exorbitante entre os clubes. A distribuição das cotas deveria seguir um ranking dos clubes renovado a cada ano, ou seja, poderia se utilizar desde uma data inicial como, por exemplo, os últimos 10 anos ou desde o início da dis**** por pontos corridos. Também tem que rever o calendário e principalmente o número de clubes nas séries A e B. Enquanto dirigentes de clubes/CBF e a emissora só pensam em faturar, nosso futebol agoniza com um calendário inchado e clubes endividados.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • E

            Eduardo

            ± 1 dias

            Do que o Coritiba esta reclamando? Que agora nao vai mais dis****r serie B com vantagem? Ele ja nao a teria mesmo que a regra continuasse valendo, lembram? Este eh o segundo ano seguido na serie B. Vejam se tem competencia pelo menos para continuar na serie B.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • R

              Robson

              ± 1 dias

              Samir faça um favor à torcida do Coritiba: suba e se mantenha na elite ano que vem, pra SUMIR com dignidade em 2020 do Coxa. Infelizmente seu estágio na presidência, acompanhado de 4 pessoas que desconhecem futebol, está nos levando à falência.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • C

                CELSO

                ± 1 dias

                O problema é achar que o Coritiba é time grande...

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • W

                  Waldemiro

                  ± 1 dias

                  Guardiola mostrava jogos de times brasileiros como exemplo do que não fazer

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • L

                    Luciano Spak

                    ± 2 dias

                    Todos sabem que só nao subiu, porque Samir Namur "achou" que esta fazendo um otimo trabalho... Quis economizar no time e perdeu uma renda de 45 milhoes... Isso é matematica que aprende na faculdade dele....

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    Fim dos comentários.