Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Micale ainda não venceu em seu retorno ao Paraná. Luca Erbes/Estadão Conteúdo
Micale ainda não venceu em seu retorno ao Paraná. Luca Erbes/Estadão Conteúdo| Foto:

Após sofrer um massacre por 5 a 0 para o Juventude, nesta sexta-feira (20), pela 22ª rodada da Série B, em Caxias do Sul, o técnico Rogério Micale desabafou.

Com o resultado, o Paraná caiu para a 11ª colocação na tabela e soma apenas uma vitória nos últimos 12 jogos. Micale ainda não venceu desde que retornou ao time da Vila Capanema, com duas derrotas e um empate como retrospecto.

“Foi desonroso, vergonhoso, a gente precisa rever essa situação”, afirmou à Rádio Banda B.

O Paraná chegou a liderar a Segundona no início da competição, em quatro diferentes rodadas, e permaneceu no G4 em 12. Porém, caiu bruscamente de produção e chega agora à pior colocação neste ano. É a primeira vez, em 2020, que o Tricolor se encontra na segunda metade da tabela.

Entre as últimas derrotas, o time paranista sofreu outra goleada: 4 a 0 para o CSA na 15ª rodada.

“Precisa ganhar um jogo, não tem que olhar nem pra cima ou pra baixo [da tabela]. Temos que voltar a viver isso [vitórias]. O foco é ganhar uma partida”, avaliou Micale, que ainda afirmou que o Tricolor não pode "jogar a toalha" após

Volante do Paraná compartilha de vergonha de Micale

O volante Karl foi outro que saiu de campo projetando uma melhor campanha da equipe nos 16 jogos restantes na Série B.

“Não tem o que falar, um resultado vergonhoso, estou me sentido envergonhado, mas temos que levantar a cabeça e tentar acabar esse campeonato com dignidade, na parte de cima”, disse ao canal Premiere.

8 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]