Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

série b

Sob vaias, Coxa empata com a Ponte Preta e perde a chance de entrar no G-4

  • Luana Kaseker especial para a Gazeta do Povo
Volante Vítor Carvalho disputa bola aérea com o adversário Danilo Barcelos | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Volante Vítor Carvalho disputa bola aérea com o adversário Danilo Barcelos Albari Rosa/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Sob vaias, o Coritiba apenas empatou com a Ponte Preta, por 0 a 0, na noite deste sábado (28), no Couto Pereira, pela 18.ª rodada da Série B, e perdeu a chance de voltar ao G-4 da Série B.

Com o resultado, o Coxa sobe para a quinta posição, com 28 pontos. Figueirense (3.º) e Avaí (4.º) têm os mesmos 28 pontos, mas levam vantagem nos critérios de desempate. O duelo contra a Macaca assinalou o maior público alviverde nesta Série B – 9.223 pagantes. A marca anterior era de 7.713 pagantes, contra o Criciúma, na 2.ª rodada.

O time comandado por Eduardo Baptista não entra na zona de classificação à elite desde a 14.ª rodada, quando chegou à quarta posição após uma vitória por 2 a 0 sobre o Paysandu.

>> TABELA SÉRIE B 2018: confira os resultados e próximos jogos

O próximo compromisso do Coritiba será contra o líder Fortaleza no sábado (4), às 16h30, no Castelão. O duelo será o último do primeiro turno da Série B.

O Coritiba começou pressionando no ataque, mas só teve uma chance com Vitor Carvalho de fora da área, mas a bola foi para fora com desvio. A Ponte Preta cresceu com o decorrer do primeiro tempo e, novamente, o goleiro Wilson foi fundamental para evitar o gol adversário. O camisa 87 salvou nas tentativas de Ruan, André Luis e Nathan.

Apesar do empate, a partida foi especial para Wilson, que completou 176 jogos pelo Coritiba, ultrapassando o ex-goleiro Rafael Cammarota, campeão Brasileiro em 1985 e tornando-se o sexto goleiro que mais vestiu as cores do clube.

No intervalo, o técnico Eduardo colocou Chiquinho e Nathan nos lugares de William Matheus e Alisson Farias, mas as alterações não surtiram efeito. Ambas as equipes criaram pouco. A Ponte Preta chegou mais vezes, mas não levou tanto perigo ao goleiro Wilson como no primeiro tempo.

Já o Coxa seguiu com dificuldades na criação e as melhores chances foram do meia Yan Sasse, que chutou para fora, e do atacante Nathan, que mandou em cima de Ivan na área. O time saiu de campo, mais uma vez, vaiado pela torcida após o novo tropeço em casa.

Veja a galeria de imagens de Coritiba x Ponte Preta

Confira o lance a lance e a ficha técnica de Coritiba X Ponte Preta

***

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE