i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
eleição

‘Vamos colocar os meninos para jogar. Precisamos ousar’, afirma Castro, candidato a presidente do Coritiba

Candidato da chapa Novo Coritiba encerrou a série de entrevistas ao vivo com candidatos a presidente do clube realizada na Gazeta do Povo

  • PorGazeta do Povo
  • 23/11/2017 17:53
Pedro de Castro, candidato a presidente do Coritiba. | Felipe Rosa/Tribuna do Paraná
Pedro de Castro, candidato a presidente do Coritiba.| Foto: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná

Na terceira entrevista com os candidatos a presidente do Coritiba, a Gazeta do Povo recebeu nessa quinta-feira (23) Pedro Guilherme de Castro, da chapa Novo Coritiba. Entre as propostas apresentadas, está a valorização e uma utilização maior das categorias de base alviverde.

“Peço apoio do torcedor para que tenha compreensão. Vamos colocar os meninos para jogar sim. Precisamos ousar, mas com sabedoria”, avisa o candidato.

Veja também: Candidato à presidência, Vialle promete reuniões mensais com torcida do Coritiba

Em uma entrevista de cerca de meia hora, Pedro de Castro ainda falou sobre diversos assuntos relacionados ao Coritiba, como por exemplo as finanças da instituição, a modernização do Couto Pereira, as divisões internas no clube e a relação com o rival Atlético.

Veja também: Candidato a presidente do Coritiba, Namur foca na profissionalização do futebol

Por fim, o candidato fez questão de ressaltar a independência da chapa. “Nós vamos mudar a mentalidade do Coritiba. Temos que pensar o Coritiba como uma empresa. Não podemos usar o clube de forma politica”, defende.

“A maioria dentro do clube quer o bem do Coritiba. Mas não é suficiente. Precisamos de pessoas com competência para fazer isso”, reforça Castro.

Veja a entrevista completa com Pedro Guilherme de Castro:

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.