Reprodução de vídeo que mostra fissura no concreto do Couto Pereira.
Reprodução de vídeo que mostra fissura no concreto do Couto Pereira.| Foto:

Um vídeo da arquibancada do Couto Pereira tremendo viralizou nas redes sociais neste sábado (25). Gravado por um torcedor do Coritiba na vitória sobre o Cuiabá, a imagem mostra a junta do anel superior da curva da Igreja Perpétuo Socorro balançando enquanto os torcedores pulavam.

Procurado pela Gazeta do Povo, o clube garante que tem a aprovação dos laudos e avaliação de engenharia do Couto Pereira.

"O Couto Pereira conta com todos os laudos necessários para sua plena operação, inclusive as avaliações de engenharia. Sobre sua estrutura, desde 2016 são realizados estudos e atualmente uma parceira com a UTFPR dá continuidade a estas avaliações técnicas", diz o clube via assessoria de imprensa.

"O estádio oferece plena segurança. Sabe-se, contudo, que é uma construção sobre outras bases de uso, realizada em época na qual as cargas eram diferentes das atuais, em especial a que se relaciona a movimentos ritmados de torcedores gerando diferentes frequências na estrutura. Há de se destacar que existem outros estádios no mundo que também sofrem este tipo de movimento.", completa o Coxa.

A partida contra o Cuiabá foi o recorde do clube nos últimos 12 anos com 37.220 pagantes (39.252 total).

O Couto Pereira foi inaugurado em 1932 quando ainda levava o nome de Belfort Duarte. O estádio passou por uma ampla reforma e ampliação nos anos 70. As modificações na estrutura também ocorreram em 2005 e posteriormente com a construção do setor Pro Tork, em 2014.

Durante a gestão atual do presidente Samir Namur, o Couto vem recebendo obras de reparo, as principais delas no setores Social e Mauá.

Nos últimos anos, o clube tentou viabilizar a construção de um novo Couto, no mandato do ex-presidente Rogério Bacellar, mas a ideia não saiu do papel.

17 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]