Rafael Lima dedicou o gol e o título para as famílias dos joagdores da Chape que faleceram na queda do avião. | CRISTIANE MATTOS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO/
Rafael Lima dedicou o gol e o título para as famílias dos joagdores da Chape que faleceram na queda do avião.| Foto: CRISTIANE MATTOS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO/

O América-MG conquistou o título do Campeonato Brasileiro da Série B ao vencer o CRB por 1 a 0, neste sábado (25), no Independência, diante de 22.481 torcedores, recorde de público depois da reforma do estádio. O gol da vitória foi marcado por Rafael Lima.

No fim do ano passado, quando defendia a Chapecoense, ele havia se recuperado de uma lesão muscular, mas por opção do então técnico Caio Júnior foi cortado da viagem à Colômbia para a final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional. O avião que levava a Chape, como se sabe, caiu quando chegava a Medellín, matando 71 tripulantes na madrugada do dia 29 de novembro de 2016.

Emocionado, o defensor dedicou o gol e a conquista às viúvas do jogadores da Chape que morreram no maior desastre aéreo que afetou o esporte nacional. “Dedico à família e às viúvas de quem não está mais conosco por causa daquele momento triste. Não estou mais na Chapecoense, mas aquela tragédia marcou a vida de todo mundo. Esse título é um pedacinho de vocês também”, afirmou o zagueiro de 31 anos na saída do gramado.

O Internacional, que dependia do resultado do jogo dos mineiros para terminar a competição em primeiro, derrotou o Guarani por 2 a 0, no Beira-Rio, e ficou com o vice.

TABELA: Veja a classificação final da Série B

Este foi o segundo título da Série B que o América-MG conquista em sua história. O clube mineiro já havia vencido o campeonato em 1997, com um triunfo por 1 a 0 contra o Vila Nova, no Independência.

A definição do campeão era a única pendência nesta última rodada da Série B. Os classificados para a elite e os rebaixados já eram todos conhecidos.

O Ceará e o Paraná foram as outras duas equipes que conquistaram o acesso nesta temporada. O time nordestino, terceiro colocado, venceu o ABC por 1 a 0, com o recorde de público desta edição da Série B. Quase 57.000 pessoas estiveram no Castelão para acompanhar o jogo.

Em quarto, o Paraná se despediu da segunda divisão com um empate em 1 a 1 com o Boa Esporte, no Couto Pereira. O time retorna à primeira divisão após dez anos na Série B.

Os quatro rebaixados para a Série C foram Luverdense, Santa Cruz, ABC e Naútico. Os clubes disputarão a Série C em 2018.

Na próxima temporada, a Série B terá as quatro equipes que conquistaram o acesso na Série C: CSA, Fortaleza, Sampaio Corrêa e São Bento. O campeão da terceira divisão foi o CSA, que derrotou o Fortaleza na final do campeonato.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]