i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
futebol de botão

Deco encaixado

  • PorNícolas frança – nicolasf@gazetadopovo.­com.br
  • 28/08/2010 21:02
 | Flávio Neves /Diario Catarinense
| Foto: Flávio Neves /Diario Catarinense
  • Veja o esquema tático do Fluminense

Muricy Ramalho mudou o es­­quema do Fluminense para encaixar o seu principal reforço, Deco, ao lado do seu principal jogador até então, Conca. Pelo menos na estreia do 4-4-2, o técnico não se arrependeu. Na quarta-feira venceu o Goiás fora de casa por 3 a 0 e abriu cinco pontos para o vice-líder Corinthians. Com a participação decisiva de Deco nos dois primeiros gols.

Quem saiu foi o zagueiro André Luís, configurando a troca do 3-5-2 pelo novo esquema. Ante­s eram três za­­gueiros e dois volantes, dando segurança defensiva para o apoio dos laterais e a armação de Conca para a dupla de ataque. Agora os laterais Ma­­ria­­no e Júlio César passaram a compor a defesa ao lado de dois zagueiros, mas sem deixar de lado as características ofensivas. Com Deco e Conca, duplicou o poder de criação.

Para o jogo de hoje contra o São Paulo, o que preocupa Muricy é a suspensão do atacante Emer­son. Dizendo não ter à disposição um jogador talhado para a função, que se movimente enquanto Washington fica como referência na área, o treinador pode apelar para uma solução tática diferente.

Figueirense x Coritiba

Depois de duas derrotas inesperadas, o técnico Ney Franco mudou radicalmente o meio de campo para o jogo contra o líder Figueirense. Com os volantes Andrade e Léo Gago (foto), mais marcadores do que Leandro Donizete – machucado – e Marcos Paulo, além do meia Sandro, com mais presença física do que Dudu, o time ganhou consistência defensiva. Porém perdeu força de ataque. Não deixava o adversário criar muitas chances, mas tomou o gol em um escanteio no fim do primeiro tempo. As entradas de Marcos Paulo, no lugar de Léo Gago, e Dudu, no de Betinho, melhoraram a produção ofensiva. Mas passou a faltar a referência na frente a que o time está acostumado desde o início do ano – primeiro com Ariel, depois com Betinho, que já não vinha realizando a função a contento. Sem finalizar, o Coxa ainda tomou o segundo em um contra-ataque.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.