Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Brasil foi o campeão da última Copa América, em 2019. Arquivo/Gazeta do Povo
Brasil foi o campeão da última Copa América, em 2019. Arquivo/Gazeta do Povo| Foto: CA2019

As edições da Eurocopa e da Copa América, ambas marcadas para 2020, foram adiadas por Uefa e Conmebol, respectivamente, para 2021.

Nesta terça-feira, antes mesmo de uma comunicação formal da Uefa, a Federação Norueguesa de Futebol anunciou o adiamento em um ano do torneio europeu de seleções, em função da pandemia de coronavírus.

A Eurocopa agora ocorrerá de 11 de junho a 11 de julho de 2021. Essa foi a proposta apresentada pela Uefa na reunião de emergência realizada através de um teleconferência com suas 55 federações nacionais e que precisa do aval do seu comitê executivo.

Anteriormente, a Eurocopa estava programada para começar em 12 de junho, sendo disputada em 12 países diferentes pela primeira vez na sua história. E o adiamento se tornou a opção preferida pela Uefa desde a semana passada, especialmente por liberar várias semanas para que seja possível completar as competições nacionais de clubes, além da Liga dos Campeões e da Liga Europa, paralisadas por causa do coronavírus. A conclusão das ligas nacionais permitiriam a definição dos campeões e também dos times classificados para as próximas Liga dos Campeões e Liga Europa.

Dezesseis membros da Uefa estão envolvidos na repescagem da Eurocopa, programadas inicialmente para serem jogadas em 26 e 31 de março. Eles decidirão os últimos quatro classificados ao torneio de 24 seleções.

A remarcação da Eurocopa para junho de 2021 causará conflito com outros torneios previstos no calendário. Um deles é outra competição da Uefa, a Liga das Nações, com suas finais agendadas para o mesmo período. Mas a principal é a primeira edição do reformulado Mundial de Clubes, com 24 times e agendado para a China pela Fifa. As Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, incluindo a disputa da Europa, também possuem jogos marcados para junho de 2021.

Com a liberação de algumas semanas do calendário e se for possível retomar a temporada, as opções da Uefa para completar as suas competições incluem jogar as quartas de final e semifinais da Liga dos Campeões em jogos únicos, ao invés dos confrontos de ida e vota. A decisão está agendada para 30 de maio em Istambul, mas a cidade turca também pode ser convidada a sediar as semifinais em um mini-torneio em uma data posterior.

Copa América em junho e julho

A Copa América está adiada para 2021. Seguindo os passos da Uefa, que também determinou o postergamento da Eurocopa para o próximo ano em função do surto de coronavírus, a Conmebol determinou nesta terça-feira que o seu torneio de seleções também não ocorrerá em 2020 por causa da pandemia do coronavírus

A competição de 12 seleções vai ser disputada, assim, de 11 de junho a 11 de julho de 2021, na Colômbia e na Argentina, definidas anteriormente como sedes do torneio. Elas estão mantidas, assim como os grupos e o formato de disputa. E até a data é bem semelhante, pois neste ano a Copa América ocorreria de 12 de junho a 11 de julho.

No sorteio realizado anteriormente, o Brasil, o atual campeão da Conmebol, havia sido apontado como cabeça de chave do Grupo B, ao lado da anfitriã Colômbia e também de Equador, Peru, Venezuela e do Catar, convidada do torneio, assim como a Austrália, que está na outra chave a A, da Argentina.

De acordo com a Conmebol, a decisão foi adotada com o apoio dos presidentes das federações que a compõem, além dos governos dos países-sede, destacando que nesse momento a prioridade é proteger a saúde e a segurança das seleções, torcedores, imprensa e dos cidadãos.

"É uma medida extraordinária para uma situação inesperada e, portanto, responde à necessidade fundamental de evitar uma evolução exponencial do vírus; presente já em todos os países das Associações Membro da Confederação. Para a CONMEBOL não foi fácil tomar essa decisão, mas devemos sempre proteger a saúde dos nossos atletas e de todos os agentes que fazem parte da grande família do futebol sul-americano", disse Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol.

O dirigente também indicou que a Uefa foi consultada para a tomada da decisão. Anteriormente, a Conmebol havia decidido ajustar o seu torneio de seleções ao calendário da Uefa, que também precisou adiar a Eurocopa. "Agradecemos também a Uefa e seu presidente, Aleksander Ceferin, pelo trabalho conjunto e pela decisão coordenada de postergar a Eurocopa 2020 em benefício de toda a família do futebol", acrescentou o dirigente sul-americano.

A Copa América não é a única competição sul-americana afetada pelo surto de coronavírus. Anteriormente, o início das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, que teriam os primeiros jogos disputados de 27 a 31 de março, foram adiados, com data a definir. E os jogos da Copa Libertadores, que teria mais uma rodada da fase de grupos nesta semana, também foram suspensos.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]