Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

futebol feminino

Foz Cataratas é campeão da Copa do Brasil

Com menos de dois anos de história, clube paranaense conquista seu primeiro título nacional

  • Fabiula Wurmeister, da sucursal
Foz Cataratas conquista seu primeiro título da Copa do Brasil |
Foz Cataratas conquista seu primeiro título da Copa do Brasil
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Foz Cataratas é campeão da Copa do Brasil

O Foz Cataratas é o novo campeão brasileiro de futebol feminino. Novato nos campos, com menos de dois anos de trajetória, o time iguaçusense bateu na tarde deste sábado (26) o Vitória, de Pernambuco, pelo placar de 3 a 0. A partida realizada no Estádio Pedro Basso, na fronteira, reuniu quase 2,5 mil torcedores. O jogo decisivo também contou com a presença do novo técnico da seleção brasileira, Jorge Barcellos, que promete valorizar o talento de jogadoras como Daiane Moretti e Marina, que já representaram o Brasil ao lado das novamente convocadas Marta e Cristiane.

Superior em campo, o Foz Cataratas não deixou dúvidas sobre a superioridade e equilíbrio demonstrados durante todo o campeonato. No primeiro tempo, as iguaçuenses temperaram a partida com ótimas triangulações e quatro boas chances de gol, contra apenas uma aproximação das pernambucanas. Apesar de contar com cinco jogadoras que estiveram na conquista da medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, o time comandado pelo técnico Kleiton Lima, que deixou a seleção principal na semana passada, o Vitória não conseguiu vencer a forte defesa do Foz.

E, mesmo com a forte pressão das iguaçusenses, o placar só foi aberto no início do segundo tempo, com uma bela jogada da atacante Nenê, a melhor em campo, logo aos três minutos. Sem chance para o Vitória, o segundo gol foi marcado de cabeça pela artilheira Daiane Moretti depois do passe da lateral Paulinha.

Já nos acréscimos, um chute certeiro da meia Andressa definiu o jogo, garantiu o título de campeão brasileiro e carimbando a vaga do time da fronteira para a Copa Libertadores da América do próximo ano. No primeiro jogo da final, no dia 19, no Nordeste, o Foz Cataratas havia vencido o Vitória por 2 a 0.

Andressa, que integrou a equipe já com o torneio em andamento vindo do Londrina, comemorou emocionada a vitória.

“Cada gol foi suado e com um pouco do sacrifício de cada uma. No final, deu tudo certo. A vitória foi merecida.” Lembrando a ótima campanha do Foz, vice no ano passado e bicampeão paranaense este ano, o técnico Gezi Damaceno fez questão de destacar o esforço de toda a equipe.

“Críticas e elogios, juntamos tudo e está aí o título inédito para o Paraná e para a nossa cidade. Somos uma família e provamos a nossa união. Demonstramos para todo o Brasil o forte time que estamos construindo aqui.”

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE