Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Segue trabalho de instalação da grama sintética na Arena. | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Segue trabalho de instalação da grama sintética na Arena.| Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

O Atlético prossegue com a instalação do gramado sintético na Arena da Baixada. Toda a grama natural já foi removida do terreno e está sendo preparada a base para o novo campo de jogo do Furacão, inédito entre clubes da elite do Brasil.

O trabalho iniciou no dia 15 de dezembro do ano passado e deve estar concluído em 15 de fevereiro. O clube já agendou a visita da Fifa para realizar os testes de certificação na data prevista para o término.

Com a liberação da entidade após o exame, o Furacão poderá mandar suas partidas no piso novo. O confronto do Rubro-Negro com o Criciúma, dia 17, pela Copa Sul-Minas-Rio, deve marcar a estreia do campo de jogo artificial.

A confiança no cumprimento do prazo é por causa do teto retrátil do estádio, que livra a obra da interrupção por chuvas. “É algo que facilita muito o nosso trabalho”, diz Luiz Botas, diretor do GV Group, responsável pela instalação.

O Atlético preferiu não revelar quanto custará a mudança do terreno. Especula-se que o preço atinja R$ 1,5 milhão, que poderia ser pago em 12 vezes. A empresa não confirma o valor da transação.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]