Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Com 22 anos, Otávio é um dos jogadores mais jovens do elenco atleticano. | Daniel Castellano/Gazeta do Povo
Com 22 anos, Otávio é um dos jogadores mais jovens do elenco atleticano.| Foto: Daniel Castellano/Gazeta do Povo

O técnico Paulo Autuori associou parte do tropeço do Atlético diante do Vitória, no último domingo (17), na Baixada, à falta de maturidade da equipe atleticana. A comparação da média de idade do Furacão com os quatro primeiros colocados do Brasileiro endossa a análise: o time-base rubro-negro é o mais jovem dentre os líderes da competição.

Atlético negocia com meia uruguaio González, ex-Lazio e desafeto de Neymar

Leia a matéria completa

CURTA a página Atlético, conhecemos teu valor no Facebook

Contra o Vitória, Autuori escalou a equipe titular com média de 25,5 anos. Na mesma rodada, o líder Palmeiras teve média de 28,2 anos; o vice-líder Corinthians, 27,1; o terceiro colocado Grêmio, 27,2; e o quarto, o Santos, 25,9.

Após o empate por 1 a 1 com os baianos, Autuori disse que, diante da necessidade de vencer, o Furacão acabou prejudicado por entrar na ‘pilha’ da partida, o que não ocorre com uma equipe madura. O resultado manteve o time na quinta colocação, com 24 pontos, porém aumentou para dois a distância para o Santos.

No jogo, o mais experiente atleticano foi o zagueiro Paulo André (32). Além dele, dos titulares, somente o atacante André Lima (31) superava a faixa dos trinta. Os mais jovens, por sua vez, foram os volantes Otávio e Hernani (22), ambos formados no clube.

No quesito juventude, o Santos é o mais próximo do Furacão. O Peixe atuou com cinco jogadores com idade inferior a 22 anos na vitória por 3 a 1 sobre a Ponte Preta. Os mais jovens foram o volante Thiago Maia e o atacante Gabriel (19). Por outro lado, o volante Renato (37), o goleiro Vanderlei (32) e o atacante Ricardo Oliveira (36) equilibraram a balança para o lado da experiência.

Já o time base mais velho dentre os líderes, o do Palmeiras, teve os veteranos Zé Roberto (42) e Fernando Prass (38) puxando a fila da experiência na vitória por 1 a 0 sobre o Internacional, fora de casa. Além deles, Jean (30), Edu Dracena (34) e Cleiton Xavier (33) reforçaram a conta. Os atacantes Roger Guedes e Gabriel Jesus (19), foram os mais jovens.

Além das médias de idade, a rodagem dos atletas dos quatro times mais bem posicionados destoa do Atlético. Isto porque cada um destes times conta na equipe com pelo menos um veterano com passagem pela seleção brasileira, ao contrário do Furacão. No Palmeiras, Zé Roberto; no Corinthians, Elias (31); no Grêmio, Douglas (34); e no Santos, Renato e Ricardo Oliveira.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]