Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Futebol
  4. Atlético PR
  5. Atlético vence e está na final da Marbella Cup

Marbella Cup

Atlético vence e está na final da Marbella Cup

Time rubro-negro teve dificuldades, mas ganhou do Dínamo de Kiev por 1 a 0

  • Robson Martins
  • Atualizado em às
Daniel sofreu o pênalti que garantiu a vitória atleticana |
Daniel sofreu o pênalti que garantiu a vitória atleticana
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O time principal do Atlético venceu na tarde desta quinta-feira (7) o Dínamo de Kiev por 1 a 0 e classificou-se para a final da Marbella Cup, na Espanha. O gol atleticano foi marcado por Felipe, aos 37 minutos do segundo tempo, em cobrança de pênalti sofrido pelo lateral-direito Daniel, quando o Rubro-Negro já estava com um jogador a mais - Tsurikov foi expulso por falta violenta aos 20' da etapa final.

No Atlético a grande novidade foi o meia Everton, que começou como titular. Um dos três reforços já confirmados para este ano, ao lado do meia-atacante Maranhão e do atacante Ciro, o meia mandou Felipe fosse para o banco de reservas. No entanto, coube justamente ao meia entrar no segundo tempo e fazer o gol da classificação.

Na final do domingo (10), às 15h30 (horário de Brasília), o adversário será o romeno Dínamo Bucareste, da Romênia, que venceu o Torpedo Kuitasi, da Geórgia, por 2 a 1.

O jogo

Sem os seus principais jogadores, que atuaram por suas seleções na quarta, o Dínamo de Kiev entrou em campo com uma média de idade de 23,4 anos. Mesmo assim, em um primeiro tempo equilibrado, o time ucraniano teve um gol anulado aos nove minutos porque o árbitro marcou a falta no goleiro Weverton. O Atlético reagiu e chegou ao ataque com Marcão. No 4-2-3-1, com Everton de um lado e Marcelo de outro, as jogadas do Furacão saiam com mais qualidade pelas laterais.

No entanto, as melhores chances na etapa inicial do Furacão ocorreram aos 23' e aos 24'. Na primeira, Marcão tocou para Elias, que exigiu uma bela defesa do goleiro Koval Maksym. No minuto seguinte o camisa 10 também arrematou e no rebote Everton quase fez o gol, exigindo uma defesa a queima roupa do goleiro ucraniano.

O jogo seguiu equilibrado até o final do primeiro tempo, apesar de Bezus Roman mandar a bola para o fundo da rede. No entanto, como a arbitragem marcou o impedimento, os jogadores foram para o intervalo no Estádio Municipal de Marbella com o placar zerado.

Segundo tempo

A etapa final começou com uma violência descabida para um torneio amistoso. Com muitos chutões, a bola passava rápido pelo meio de campo e os jogadores de mais técnica tinham dificuldade de tocar na bola.

Não demorou para que um atleta fosse expulso. Aos 19', Tsurikov fez falta violenta em Marcelo, na frente do banco de reservas do Furacão. Diante da indignação dos rubro-negros, incluindo o técnico Ricardo Drubscky, o juiz mostrou o cartão vermelho para o jovem ucraniano de 20 anos, autor do gol que classificou o seu time nas quartas de final.

Com um jogador a mais, o Atlético melhorou, com jogadas principalmente pelas laterais com Daniel e Pedro Botelho. Firme, a zaga atleticana era o destaque da equipe, evitando qualquer investida dos ucranianos. Até que, aos 36', Daniel fez uma jogada individual dentro da área e foi prensado por dois atletas do Dínamo. Pênalti que, aos 37, Felipe converteu com categoria, no canto oposto do goleiro Koval Maksym.Nos últimos minutos o Dínamo de Kiev ainda tentou reagir, mas sem a força necessária para isso. Assim, a final ficou definida entre Atlético e Dínamo Bucareste, da Romênia.

Dínamo de Kiev e Torpedo Kuitasi, da Geórgia, decidem o terceiro lugar. Completam os jogos derradeiros da Marbella Cup o confronto entre Otelul Galati, da Romênia, e Rapid Bucareste, da Romênia, pelo quinto lugar; e Ludogorets, da Bulgária, contra Lech Poznan, da Polônia, pelo sétimo lugar.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE