Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Para o treinador do Furacão o Atletiba não deveria ser jogado na Quarta de Cinzas. | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
Para o treinador do Furacão o Atletiba não deveria ser jogado na Quarta de Cinzas.| Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

Atlético e Coritiba têm mantido relações próximas recentemente, no âmbito da diretoria dos clubes. O técnico Paulo Autuori, entretanto, quebrou a harmonia entre os dois rivais.

Atlético já detém o registro da marca "Atletiba" para uso na Arena

Leia a matéria completa

“Para mim, união é quando você vai até o fim naquilo que você decide. Esse jogo [Atletiba] não era para ser jogado nesta quarta (1º). Explicamos o porquê e mostramos que haveria possibilidade. União é quando realmente existe vontade férrea de mudar as coisas e você não para no meio do caminho”, afirmou o treinador.

Em protesto contra PM, Federação e Coritiba, Império anuncia boicote ao Atletiba

Leia a matéria completa

A rejeição da proposta da televisão pelo direito de transmissão das partidas do Paranaense, a vontade de realizar, e transmitir pela internet, o clássico Atletiba, e as conversas de bastidores para a ”Arena dos Paranaenses” são episódios recentes da aproximação de atleticanos e coxas-brancas.

O treinador do Furacão não quis revelar qual foi a solução do Rubro-Negro para o episódio, mas continuou firme em seu posicionamento. “Acho que não me compete falar isso porque foge da minha alçada, mas como homem do futebol eu tenho autoridade de falar de qualquer assunto sobre futebol, ainda mais quando nós estamos diretamente envolvidos nisso. O Atlético não queria isso”.

Dentro de campo, Autuori deve manter o mesmo time que encarou o Toledo no empate sem gols no último sábado (25), na Arena. O atacante Luís Henrique, por exemplo, perdeu um pênalti na partida, mas ainda tem a confiança do treinador e será mantido no time.

“Eu tenho filhos e quando os filhos cometem erros, todos nós temos que orientá-los. Vou dar oportunidade a eles até o momento que eu achar que não vai haver mais possibilidade de continuidade do jogador”, afirmou Autuori, sobre os jovens que disputam o Paranaense.

O Furacão deve entrar em campo com: Santos; Léo, Zé Ivaldo, Wanderson e Nicolas; Luiz Otávio, Matheus Rossetto e João Pedro; Crysan, Douglas Coutinho e Luís Henrique.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]