Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Mesmo tendo marcado apenas duas vezes, o zagueiro Paulo André é o artilheiro isolado do Atlético no Brasileirão. | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
Mesmo tendo marcado apenas duas vezes, o zagueiro Paulo André é o artilheiro isolado do Atlético no Brasileirão.| Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

O zagueiro Paulo André garantiu a vitória do Atlético por 1 a 0 sobre o Santos, no último sábado (18), na Arena da Baixada, e se tornou o principal goleador do Rubro-Negro no Brasileirão, mesmo com apenas dois gols acumulados no campeonato. É uma prova da ‘artilharia solidária’ da equipe nesta reta inicial de disputa.

Dos 10 gols marcados pelo Furacão na Série A, nove foram feitos por jogadores diferentes. Além do veterano defensor, já balançaram a rede o zagueiro Thiago Heleno, os volantes Otávio, Deivid e Hernani, o meia Vinícius e os atacantes Walter, André Lima e Ewandro.

Confira a seleção com os melhores da 9ª rodada do Brasileirão

Leia a matéria completa

TABELA: veja como está a classificação da Série A

CURTA a página Atlético, conhecemos teu valor no Facebook

“A equipe coletivamente está muito bem e o posicionamento do time tem me agradado nos últimos jogos. Mas na última parte do campo, temos que ser mais agudos”, analisou o técnico Paulo Autuori ao falar sobre o desempenho ofensivo atleticano, já que nenhum atacante conseguiu marcar mais de uma vez na competição.

O treinador destacou ainda a competividade que está sendo criada no elenco. Contra o Peixe, novamente o comandante modificou a equipe titular e justificou as trocas pelo desgaste físico dos atletas. Mas foi na etapa final que o Furacão cresceu de produção, depois das entradas dos meias Pablo e Vinícius, e do atacante Anderson Lopes.

“Os jogadores que têm entrado no segundo tempo estão sendo um reforço. Não é a primeira vez que isso acontece. Nós estamos conseguindo criar um conceito de competitividade não apenas nos jogos, mas também nos treinamentos”, elogiou.

O próximo compromisso do Atlético é contra a Chapecoense, na quarta-feira (22), às 19h30, na Arena Condá, pela décima rodada. Para o duelo, Autuori deve promover novas mudanças no time. “Nós não temos um grupo largo. Temos um elenco enxuto e eu vou sempre priorizar a parte física dos atletas”, explicou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]