Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Torcida do Atlético protestou contra o time na Arena. | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Torcida do Atlético protestou contra o time na Arena.| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

A torcida do Atlético encontrou uma forma diferente de criticar o time nos minutos finais da derrota por 3 a 0 para o San Lorenzo, na Arena da Baixada, nesta quarta-feira (3), pela Libertadores.

TABELA: confira a classificação dos grupos e os resultados da Libertadores 2017

Quando o jogo já se encaminhava para o final, os atleticanos gritaram os nomes de jogadores que estavam no clube no ano passado, mas que deixaram o Furacão recentemente.

Atlético leva outro 3 a 0 na Arena e terá de decidir classificação no Chile

Leia a matéria completa

O primeiro a ser lembrado foi o atacante André Lima, que não teve o contrato renovado pelo Furacão e foi para o Vitória.

Em seguida, os torcedores gritaram o nome do atacante Walter, que deixou o clube ainda no ano passado para defender o Goiás. Hoje está no Atlético-GO. O meia Vinícius também foi ‘festejado’, tendo seu nome entoado. Ele está em litígio com o Furacão.

O lateral-direito Léo, dispensado recentemente e que está acertando com o rival Coritiba, foi outro lembrado

O protesto foi uma clara crítica às dificuldades ofensivas enfrentadas pelo time no duelo.

Os rubro-negros ainda comemoraram o terceiro gol dos argentinos, aplaudindo de pé. E, por fim, gritaram “vergonha” e “queremos jogador”.

Após o apito final, sobrou também para o presidente do Conselho Deliberativo, Mario Celso Petraglia, que foi alvo de cantos ofensivos.

Uma vitória classificaria o Furacão antecipadamente para as oitavas de final. Agora, a equipe terá de decidir a classificação dia 17 de maio, contra a Universidad Católica-CHI, fora de casa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]