Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O atacante Pablo (dir.)  é o artilheiro do Atlético no Brasileiro, com sete gols, e a esperança de vitória contra o lanterna América-MG. | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
O atacante Pablo (dir.) é o artilheiro do Atlético no Brasileiro, com sete gols, e a esperança de vitória contra o lanterna América-MG.| Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

O Atlético encontra no duelo contra o América-MG, na noite desta segunda-feira (25), às 20 h, em Belo Horizonte, o cenário ideal para voltar a vencer fora de casa após sete rodadas seguidas sem triunfo como visitante no Brasileiro .

Para começar, o Furacão vem embalado da vitória no clássico Atletiba , na rodada anterior. Além disso, antes de enfrentar o Coelho, a equipe comandada por Paulo Autuori teve a semana cheia de treinamentos para descansar e se preparar.

Por fim, a própria situação do clube mineiro na disputa joga a favor do Rubro-Negro: com somente 21 pontos e sem maiores ambições, o América-MG está virtualmente rebaixado para a Série B.

TABELA: Confira a classificação da Série A

FICHA TÉCNICA: Veja as prováveis escalações de América-MG e Atlético

Autuori, no entanto, minimiza o panorama de seca forasteira — agravada pelo fato de acumular jejum de sete partidas consecutivas sem marcar gols longe de seus domínios. O último triunfo foi contra o Cruzeiro, dia 11 de julho. “Não estou preocupado em voltar a vencer [fora de casa]. O que eu espero é que, ao final do campeonato, a gente esteja onde queremos estar”, ameniza.

No entanto, o comandante admite que o retorno das vitórias fora de Curitiba pode ser fundamental na briga do clube por uma vaga no G6 da Série A, que garante a participação na Libertadores do ano que vem.

“É um fator que nos incomoda, não tenha dúvida. E o trabalho diário é para que isso [vencer fora] ocorra. Se vier no momento certo, maravilha. Eu espero que o momento certo esteja por vir não só neste jogo, mas também nos jogos que nos restam”, afirma, se referindo aos confrontos fora de casa com Vitória (34.ª rodada), Fluminense (35.ª) e Corinthians (37.ª) — os últimos dois são concorrentes diretos por uma vaga na competição internacional.

PITACO: Palpite para o jogo? Confira na prévia da 32ª rodada

Contra os mineiros, Autuori vai manter a base do time que superou o Coxa. A única mudança deve ficar pelo retorno do zagueiro Paulo André na vaga de Wanderson. Titular da posição, Paulo André ficou de fora do clássico devido a uma lesão no olho. O técnico também espera contar com o retorno do meia Nikão, mas a tendência é de que ele permaneça no banco de reservas.

“A gente vem treinando bem forte. Sabemos que é um jogo muito complicado, apesar deles estarem em último”, avalia o lateral-esquerdo Renan Lodi, que novamente será titular. “É um jogo de extrema importância para colarmos de vez na briga pela Libertadores”, complementa o jovem de 18 anos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]