|
| Foto:

Há quase 100 anos, o Dr. Flávio Luz, diretor de uma instituição de ensino de Curitiba, condenava com veemência o futebol, às vésperas do início do primeiro Campeonato Paranaense, lá em 1915.

O esporte, de acordo com Luz, era "origem de males incuráveis, de vícios abomináveis e de outras surpresas dolorosas", afirmou em artigo publicado no Diário da Tarde. Perto de um século depois, é possível afirmar que o Dr. estava coberto de razão.

Não há quem consiga se livrar do time do coração. De acompanhar a tabela, grudar nas transmissões, fazer projeções, chutar escalações, enfim, tudo isso que começa neste sábado, mais uma vez e, aparentemente, pela eternidade.

Este ano, a principal competição esportiva do estado completa 100 edições – da inaugural, vencida pelo Internacional, até a 99ª, no ano passado, marcada pelo tetracampeonato do Coritiba. É tempo de celebrar.

No Guia da competição da Gazeta do Povo listamos 100 artigos divididos em 10 categorias: Jogaços, Craques, Golaços, Esquadrões, Matadores, Goleiros, Técnicos, Personagens, Fiascos e Lembranças.

Não são os 10 melhores em cada divisão. Mas jogadores, dirigentes e fatos que contam a longeva trajetória do futebol local, de forma ampla e democrática. Certamente, há quem vá discordar de determinada inclusão, de alguma ausência, e quem vá comemorar a presença de outros normalmente menos cotados.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]