Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O árbitro Selmo dos Anjos Neto ouve reclamação do paranista Nadson. | kiko sierich/
O árbitro Selmo dos Anjos Neto ouve reclamação do paranista Nadson.| Foto: kiko sierich/

A arbitragem do empate entre Foz do Iguaçu e Paraná foi alvo de protestos da comissão técnica e da direção paranista. Além do técnico Claudinei Oliveira, quem também se manifestou de maneira contundente após o jogo foi Diretor de Futebol do Paraná, Durval Lara Ribeiro. Segundo o dirigente, as providências junto a FPF serão tomadas pelo clube.

“Os árbitros de hoje são mal preparados fisicamente. O terceiro gol foi piada, além dos dois pênaltis. O Paraná vai fazer um manifesto, vou cobrar isso do [presidente] Leonardo [Oliveira]. Não adianta ficar de “amizadezinha” com presidente de Federação se eles não tomam atitude nenhuma. Aí tem que fazer igual Coritiba e Atlético e findar [a relação com a FPF] mesmo”, desabafou Vavá após a partida.

Não adianta ficar de “amizadezinha” com presidente de Federação se eles não tomam atitude nenhuma

Vavá diretor de futebol do Paraná

O dirigente menciona a dupla Atletiba que, na última eleição da FPF, fez oposição declarada à chapa da situação, inclusive doando dinheiro para a campanha do candidato Ricardo Gomyde, que perdeu no pleito para o atual presidente, Hélio Cury.

Vavá também criticou diretamente o árbitro da partida, Selmo dos Anjos Neto, e disse que tentou conversar com o juiz após o jogo. “Você vai conversar com ele educadamente e ele fica fugindo para lá e para cá e não quer dar satisfação. Se acha o dono do jogo”, completou o dirigente.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]