i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Paranaense

Tcheco ironiza reclamação atleticana sobre arbitragem

Na opinião do meia, Atlético tem de valorizar o trabalho do elenco coxa e parar de culpar os árbitros

  • PorDaniel Batistella, especial para a Gazeta do Povo
  • 13/05/2012 16:15
Na comemoração do título, jogadores do Coritiba ironizaram as reclamações do Atlético a respeito da arbitragem | Albari Rosa / Gazeta do Povo
Na comemoração do título, jogadores do Coritiba ironizaram as reclamações do Atlético a respeito da arbitragem| Foto: Albari Rosa / Gazeta do Povo

Um dos líderes da equipe na conquista do tri, Tcheco aproveitou para comemorar o tricampeonato estadual do Coritiba nesse domingo (13) dançando e ironizando as reclamações dos atleticanos com relação a possíveis favorecimentos ao Alviverde. "Essa foi a dança do chororô porque eles têm de valorizar o nosso trabalho também e não ficar só reclamando", disse ao fim do jogo.

Durante o clássico decisivo, o presidente do Atlético, Mário Celso Petraglia, voltou a reclamar da arbitragem pelo Twitter, no caso do auxiliar Roberto Braatz.

O veterano meia alviverde, que se aposenta depois da Copa do Brasil, também foi cercado ao término do jogo por torcedores que queriam levar para casa a camisa com que ele jogou a decisão. Entretanto, o objetivo de Tcheco é guardá-la. "Essa faz parte da minha história. Vou pôr em um quadro e colocar na parede do meu escritório", revela.

O futuro do meia segue indefinido. Mas ao que tudo indica, Tcheco vai mesmo ocupar algum cargo administrativo no clube. "Ele tem toda a liberdade de fazer o que bem entender. É um homem de bem, um líder na equipe e merece todo o nosso respeito. Se ele parar de jogar, vai continuar no clube em outras funções fora do gramado", disse vice-presidente de futebol do Coritiba, Ernesto Pedroso.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.