i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
pATRIMÔNIo

Coritiba procura Pinheirão para erguer arena e “grande centro de eventos”

Coxa tem reunião marcada com João Destro, dono da área no Tarumã. Clube tem projetos para novo estádio e centro de eventos

  • PorDaniel Malucelli
  • 14/12/2016 16:50
Último jogo no Pinheirão ocorreu em 2007. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Último jogo no Pinheirão ocorreu em 2007.| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

O Coritiba tem ainda este ano um encontro marcado com João Destro, dono do Pinheirão. Na reunião, o Coxa pretende convencer o empresário a transformar a área no bairro Tarumã em uma nova arena esportiva e um “grande centro de eventos”.

LEIA MAIS: Coritiba protocola pedido na prefeitura para “colocar abaixo o Couto Pereira ”

“Falei com o [João] Destro e estou aguardando a vinda dele aqui para Curitiba. Ele quer que a sua família também participe da reunião. Não é um projeto de um estádio, e sim um projeto de um grande centro de eventos. Uma arena que tenha futebol e grandes eventos, que seja moderna”, afirma Alceni Guerra, vice-presidente do Alviverde.

LEIA MAIS: Local, viabilidade, prazo; tudo o que se sabe sobre o projeto do novo estádio do Coritiba

O cartola explica que há diversas possibilidades para a negociação, desde a compra do terreno do Pinheirão, até uma parceria com o empresário. “Nós já temos um pré-projeto, mas não podemos definir nada agora. Precisamos primeiro saber se o Destro tem interesse no negócio, se ele quer vender, se ele quer ser nosso sócio, são várias possibilidades”, garante Guerra.

VEJA MAIS de três projetos para um novo estádio coxa-branca

A reportagem tentou contato com João Destro, mas o empresário não atendeu às ligações. Em entrevista à Gazeta do Povo em novembro, entretanto, Destro previu que o futuro do Pinheirão deve ser longe do futebol. Há planos para outros tipos de empreendimentos.

“Apenas para reformar a atual estrutura para deixá-la em condições de uso precisaria de um investimento muito grande, de infraestrutura, parte elétrica, passaria de R$ 5 milhões. Eu não creio que dê certo o futebol porque não dá lucro, só dá para montar time e uma empresa não pode se dar a esse luxo”, declarou Destro à época.

No dia 28 de junho de 2012, o dono do Grupo Destro arrematou o Pinheirão por R$ 57,5 milhões. A área de 124 mil metros quadrados foi leiloada por causa de uma dívida de R$ 2,5 milhões da Federação Paranaense de Futebol (FPF), dona do estádio, com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

A última partida oficial no estádio foi no dia 11 de março de 2007, na vitória por 2 a 1 do Cianorte sobre o J. Malucelli, pelo Paranaense.

Aprovação do Conselho e outras opções

Mas para que o Coxa construa um novo estádio, a proposta precisa passar pela aprovação do Conselho Deliberativo do clube. Em julho, foram apresentadas seis propostas de novos estádios para os conselheiros votarem até o 12 de outubro, aniversário do clube. Entre os projetos, também está uma arena no bairro CIC. A decisão do Conselho Deliberativo, porém, acabou sendo adiada e o desfecho só deve sair em 2017.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.