i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
bad boy

Homofobia e ameaça a jornalista: as polêmicas de Colin Kazim, reforço do Coritiba

  • 31/05/2016 16:51
Feynoord, da Holanda, suspendeu Colin Kazim após ameaça a jornalista. | Feynoord/
Feynoord, da Holanda, suspendeu Colin Kazim após ameaça a jornalista.| Foto: Feynoord/

O inglês naturalizado turco Colin Kazim-Richards deve chegar sexta-feira (27) para assinar contrato com o Coritiba. No currículo, além da boa passagem pelo Fenerbahçe, quando jogou ao lado do ídolo alviverde Alex, duas polêmicas: acusação de homofobia e ameaça a um jornalista.

Em 2013, quando jogava no Blackburn Rovers, na segunda divisão da Inglaterra, o atacante respondeu às ofensas da torcida do Hove Albion de que estava gordo com um gesto considerado homofóbico. Kazim simulou baixar o calção e colocar o braço entre as nádegas. Julgado pela Justiça inglesa em 2014, o jogador foi sentenciado a pagar multa de 750 libras - o equivalente a R$ 2 mil na época.

A provocação de Kazin causou revolta nos moradores da cidade de Brighton. Após o ato do atacante, as provocações à torcida local aumentaram, já que o município é conhecido por ter uma grande comunidade gay.

No começo de 2016, o Feynoord, clube que defendia na Holanda, o suspendeu por duas semanas após ameaça a um jornalista. O jogador invadiu a entrevista coletiva do técnico Giovane van Bronckhorst em janeiro e disse a um repórter que alguns amigos iriam “pegá-lo no estacionamento”. A reação de Kazim aconteceu depois de o jornalista escrever uma reportagem dizendo que os diretores do clube e os patrocinadores não estavam satisfeitos com seu comportamento.

Na última temporada europeia, Kazim defendeu duas equipes: além do Feynoord, foi campeão escocês pelo Celtic. Com Alex, o atacante jogou no Fenerbahçe entre 2007 e 2008. Kazim também jogou no Galatasaray e Bursaspor, da Turquia, além do Tolouse, da França, e o Olympiacos, da Grécia. Em 2008, defendeu a seleção turca na Eurocopa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.