i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Brasileiro

Jogadores do Coritiba exaltam espírito de luta em Santa Catarina

Atletas deixaram claro que já esperavam uma partida de muita luta contra a Chapecoense. Duelo na Arena Condá teve 51 faltas

  • PorPatricia Bahr, especial para a Gazeta do Povo
  • 19/04/2014 20:42

Após o empate sem gols com a Chapecoense na noite deste sábado (19), na estreia do Brasileirão, os jogadores do Coritiba exaltaram o espírito de luta da equipe e comemoraram o ponto conquistado em Santa Catarina. Apesar da partida fraca tecnicamente, com muitas faltas – 51 no total – e muito mais brigada do que jogada, os atletas alviverdes saíram satisfeitos. "A gente sabia que ia ser pegada, se quisesse ganhar tinha de igualar na força e na pegada", avaliou o volante Gil, lamentando o que considerou como "detalhes" que impediram uma vitória. "Estamos de parabéns pela garra e luta. Se for assim até o fim, vamos almejar um G4", completou. O discurso dos jogadores deixou claro que o objetivo de buscar ao menos um empate na largada do campeonato foi cumprido. "Sabíamos da dificuldade que encontraríamos aqui, um jogo truncado. Viemos com objetivo de somar, um ponto é importante neste Brasileiro tão difícil. O resultado foi bom, fora de casa, contra um adversário de qualidade", destacou o zagueiro Leandro Almeida, apesar de a Chapecoense não ter mostrado essa "qualidade" neste sábado.

Apesar das 51 faltas, curiosamente apenas um cartão amarelo foi mostrado pelo árbitro Rodrigo Nunes de Sá, da Federação do Rio de Janeiro. O advertido foi o lateral-esquerdo coritibano Carlinhos, por parar um contra-ataque da Chapecoense no segundo tempo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.