Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
“Jejum atrapalha, vai pesando”, admite o atacante Kléber. | Antônio More/Gazeta do Povo
“Jejum atrapalha, vai pesando”, admite o atacante Kléber.| Foto: Antônio More/Gazeta do Povo

Artilheiro do Paranaense com 13 gols, o atacante Kléber, do Coritiba, não poupou elogios a Walter, principal jogador do Atlético, adversário na final do Estadual, em entrevista coletiva na tarde dessa terça-feira (26). Segundo o Gladiador, o jogador rival é acima da média e o período de jejum, que vem desde 2015, é normal para quem joga na função.

“O Walter é acima da media. Todo mundo passa por uma fase ruim, já passei por isso também. É normal, tem que ter paciência que daqui a pouco a bola entra. Mas que não seja contra a gente”, ressaltou.

Coritiba quer alcançar 20 mil sócios com final do Paranaense contra Atlético

Leia a matéria completa

Para o camisa 83 alviverde, a sequência de partidas sem marcar gols de fato incomoda . O avante afirmou ainda que torce para que o colega de profissão consiga voltar a viver os bons momentos que já teve em sua carreira.

“A gente torce para que ele possa sair desse jejum, porque atrapalha, vai pesando. A cada dia o jogador se preocupa mais. Torço porque sei da qualidade que tem e a pessoa que ele é”, elogiou.

Se a fase do atacante do Atlético é de seca- apesar do gol marcado na disputa dos pênaltis contra o Paraná-, a do avante alviverde é exatamente a oposta. Kléber marcou 13 gols em 10 jogos no Estadual e vive o melhor começo de ano de sua carreira. Segundo ele, os momentos de dificuldades que atravessou sempre foram contornados com trabalho.

“Ultimamente não vinha tendo momentos tão bons, passei por problemas, lesões, não conseguia manter uma sequência, mas as coisas começam a acontecer com o trabalho. O começo de ano foi muito bem feito, a pré-temporada foi muito boa e as coisas passaram a ser positivas”, ressaltou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]