052546

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Futebol
  4. Coritiba
  5. Ney Franco reclama de pênalti não marcado nos primeiros minutos de jogo

copa do brasil

Ney Franco reclama de pênalti não marcado nos primeiros minutos de jogo

  • Eduardo Luiz Klisiewicz
Em lance de toque de mão envolvendo Evandro, o pênalti não foi marcado. | Daniel Castellano/Gazeta do Povo
Em lance de toque de mão envolvendo Evandro, o pênalti não foi marcado. Daniel Castellano/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O técnico Ney Franco reclamou da não marcação de um pênalti para o Coritiba logo no início do jogo contra o Grêmio, vencido pelos gaúchos por 1 a 0 nesta quarta-feira (19), no Couto Pereira. No segundo minuto da partida, o lateral Galhardo dividiu bola com o atacante Evandro e levou a mão à bola. O árbitro Sandro Meira Ricci não marcou e sinalizou falta para os visitantes.

“Só o juiz não viu. Infelizmente toda semana é mais uma reclamação. Foi claro e escandaloso, bem na minha frente”, disse o treinador na entrevista coletiva. O treinador reclamou também da pouca repercussão que o lance deve gerar. “Me parece que, porque estamos no Coritiba, essa reclamação não vai ter eco”, disparou.

Os lances de pênalti tem gerado bastante repercussão no futebol nacional. No jogo entre Palmeiras e Flamengo, no último fim de semana, o time carioca reclamou da não marcação de dois pênaltis, enquanto o Alviverde reclamou de um que não teria sido marcado pelo árbitro Igor Junio Benevenuto. O caso rendeu trocas de acusações e notas oficiais de todos os lados. Na rodada anterior, os jogos Corinthians x Sport e Atlético-MG x Grêmio também terminaram com muitas reclamações.

No duelo desta quarta entre Coritiba e Grêmio, um pênalti na parte inicial do jogo poderia ter determinado uma melhor sorte ao time, que na avaliação de Ney Franco, foi superior ao Grêmio durante praticamente todo o jogo. “A realidade dos números mostra que merecemos os aplausos do torcedor, principalmente no primeiro tempo”, analisou.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE