Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Rafael Marques foi o mais irritado com o gol | Geovani Velazquez/Código 19 / Folhapress
Rafael Marques foi o mais irritado com o gol| Foto: Geovani Velazquez/Código 19 / Folhapress

A maneira com o Coritiba perdeu por 2 a 1 para o Corinthians, com os dois gols do Timão marcados nos últimos cinco minutos do jogo, o último já nos acréscimos, deixou um clima de cobrança entre os jogadores alviverdes. Com a derrota, o Coxa se mantém na zona de rebaixamento, agora na vice-lanterna, com apenas quatro pontos.

TEMPO REAL - confira como foi o lance a lance e a ficha de Corinthians 2 x 1 Coritiba

CLASSIFICAÇÃO - veja como está a tabela do  Brasileiro

Coritiba leva gol do Corinthians nos acréscimos e desperdiça reabilitação

Leia a matéria completa

Um dos mais inconformados era o zagueiro Rafael Marques, que não acompanhou a bola no cruzamento do gol de Uendel que deu a vitória aos paulistas. “A gente tem que acordar que é Campeonato Brasileiro e não Paranaense”, disse, comparando a péssima campanha do clube neste início do Brasileirão com o vice no Estadual. “Não quero falar besteira, mas deixar um alerta: isso aqui é Brasileiro e é a hora que diferencia meninos dos homens”, completou.

Apagado em campo, o atacante Kléber reconheceu que o time está devendo – venceu apenas na primeira rodada. “Nossa resposta tem que ser a vitória”, disse, pensamento compartilhado por Juan. “Mais uma vez perdemos um jogo que estava em nossas mãos. Não adianta jogar bem e ter raça, precisamos ganhar jogos”, disparou.

Minimizando o revés e clima quente no clube, o técnico interino Pachequeinho, que estreou no comando do Coxa após a demissão de Gilson Kleina, lamentou as chances desperdiçadas para marcar o segundo gol e definir o jogo no segundo tempo. “Foi uma infelicidade nossa na última bola. Temos que levantar a cabeça e a auto estima, faltou capricho no último passe, mas tivemos oportunidades de definir o jogo”, analisou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]