Goleiro Elisson, que substitui Wilson diante do Maringá, diz que o Coxa está pronto se tiver que reencontrar o Furacão. | Antonio More/Gazeta do Povo
Goleiro Elisson, que substitui Wilson diante do Maringá, diz que o Coxa está pronto se tiver que reencontrar o Furacão.| Foto: Antonio More/Gazeta do Povo

A possibilidade de reencontrar o Atlético nas quartas de final do Paranaense não assusta o Coritiba. Domingo (27), a equipe do técnico Gilson Kleina enfrenta o Maringá pela última rodada da primeira fase do Estadual, contra o Maringá. A intenção é terminar a primeira fase em segundo lugar, mas se as posições atuais forem mantidas, o adversário no mata-mata será justamente o rival Furacão.

“Tem possibilidade de ser Atletiba [nas quartas de final] e estamos preparados. Já mostramos para a torcida que o time é bom, que o Coritiba tem elenco. Se acontecer, já mostramos que temos time e camisa para vencer qualquer time”, afirmou o goleiro Elisson, que substitui Wilson, lesionado, diante do Maringá.

Além de Wilson, as outras ausências serão do zagueiro Juninho e do atacante Negueba, suspensos. Para o lugar do primeiro, Walisson Maia deve ser o substituto. Já no lugar do segundo a tendência é que Vinícius seja o escolhido, outro que não teme um Atletiba nas quartas de final.

“A gente não escolhe adversário. Se tiver que ter um Atletiba, vamos entrar com a mesma garra, com a mesma vontade, e vamos buscar a vitória como se fosse qualquer outra equipe. Quem quer ser campeão não pode escolher os adversários”, resume Vinícius.

A tendência é que o técnico Gilson Kleina escale contra o Maringá o seguinte time: Elisson, Ceará (Reginaldo), Luccas Claro, Walisson Maia e Carlinhos; João Paulo, Alan Santos, Dudu e Juan; Vinícius e Kléber (Ortega).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]