Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Futebol
  4. Coritiba
  5. Safra Keirrison: por onde andam as promessas do Coritiba de 2006

coxa

Safra Keirrison: por onde andam as promessas do Coritiba de 2006

  • Daniel Malucelli Especial para a Gazeta do Povo
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A safra de jogadores que surgiram junto com Keirrison, transferido essa semana para o Buriram United, da Tailândia, era considerada uma das mais promissoras do Coritiba. Pedro Ken, Henrique e companhia, lançados nos profissionais entre 2006 e 2007, tinha muita expectativa. Mas alguns dos jogadores não as superaram e acabaram rodando clubes do mundo inteiro, do gigante Barcelona ao desconhecido Deportivo Anzoátegui, da Venezuela. Lembre alguns nomes daquela geração.

Keirrison

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2016/01/19/Esportes/Imagens/Cortadas/5713127-kbfC-U102383076585aQH-1024x553@GP-Web.jpg
GIULIANO GOMES

Grande aposta do clube, o atacante despontou na Copa São Paulo de Juniores de 2006, quando foi vice-artilheiro. No profissional, Keirrison virou o ícone da promissora geração da base coxa-branca, sendo o artilheiro do clube nos Estaduais de 2006 e 2007 e no título da Série B de 2007. Em 2008, foi o jogador que mais marcou balançou as redes no país na temporada, com 41 gols pelo Coxa.

Foi comprado pela Traffic para jogar no Palmeiras em 2009 e após um início arrasador, o K9 foi para o Barcelona. Sem oportunidades no time de Messi e Iniesta, o clube catalão o emprestou para o português Benfica e a italiana Fiorentina, mas não se destacou. Voltou ao Brasil para defender o Santos, e posteriormente, o Cruzeiro, antes de retornar ao Coxa em 2013. Na volta ao Alto da Glória, a sequência de lesões que o atrapalharam a carreira inteira impediu a retomada da carreira em alto estilo. Após rescindir contrato com o Coxa na Justiça no final de 2015 alegando atrasos salariais, aos 27 anos Keirrison acertou transferência Buriram United, atual campeão nacional da Tailândia.

Henrique

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2016/01/19/Esportes/Imagens/Cortadas/15596265-4395-kbfC-ID000002-1024x640@GP-Web.jpg
Daniel Castellano - Agência de Noticias Gazeta do Povo

Foi o nome que mais ganhou destaque desta geração. Apesar de ser apontado como o futuro zagueiro titular da seleção, Henrique atuou em poucos jogos pela equipe canarinho. Contestado, foi convocado para a Copa do Mundo de 2014 como homem de confiança de Luiz Felipe Scolari no lugar do também ex-coxa Miranda, destaque da Europa naquela temporada, campeão espanhol e vice da Liga dos Campeões pelo Atlético de Madrid, que ficou fora da convocação.Ficou no banco de reservas no Mundial e atuou alguns minutos contra a Colômbia, nas quartas-de-final.

Henrique seguiu os mesmos passos de Keirrison nas transferências. Do Coxa foi para o Palmeiras e depois desembarcou no Barcelona. Assim como seu companheiro da base alviverde, não teve espaço na Espanha e acabou emprestado para outros clubes europeus, como Bayer Leverkusen, da Alemanha, e o espanhol Racing Santander.

Retornou ao futebol brasileiro e foi campeão da Copa do Brasil pelo Palmeiras em 2012, mas acabou sendo rebaixado com o clube no mesmo ano. Subiu com a equipe paulista e voltou a Europapara defender o Napoli, da Itália, quando foi para a Copa. Com 29 anos, acabou de assinar com o Fluminense.

Pedro Ken

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2016/01/19/Esportes/Imagens/Cortadas/4976027-kbfC-U102383076585zoF-1024x764@GP-Web.jpg
Valterci Santos

Após acertar uma boa parceira com Keirrison na Série B de 2007, Pedro Ken sofreu uma grave lesão no Estadual do ano seguinte e ficou fora do Brasileirão de 2008. Só voltou aos gramados no ano seguinte.

Após uma temporada irregular, o Cruzeiro arriscou investir e fez um contrato de cinco anos o meia. Sem sucesso no clube mineiro, foi emprestado para o Avaí, Vitória e Vasco nas últimas temporadas. Retornou ao Alto da Glória ano passado, mas sem conseguir jogar na equipe titular, voltou par a equipe baiana. Está com 28 anos.

Renan

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2016/01/19/Esportes/Imagens/Cortadas/Renan - Coxa 2006 (2)-kbfC-U1023830765854mB-1024x722@GP-Web.jpg
Orlando Kissner/Gazeta do Povo

Aos 30 anos, Renan já não atua mais profissionalmente. Em 2006 foi dispensado pelo Coxa e assinou com o Paraná no ano seguinte. Também não vingou na Vila Capanema. Teve uma breve passagem pela Ponte Preta antes de se aventurar no Anzoátegui, da Venezuela. Parou de jogar em 2013, aos 27 anos, por recomendação médica - foi identificado um problema no coração do jogador.

Ano passado, o ex-meia contribuiu com uma doação de R$ 100 para o pagamento de salários atrasados dos funcionários do Paraná. Voltou a ser lembrado em janeiro deste ano por ter sido um dos clientes prejudicados pela Interlaken, operadora de turismo que fechou as portas sem indenizar os clientes.

Atualmente, Renan tem uma quadra de futebol sintético em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, onde o ex-jogador pretende se candidatar a vereador em 2016.

Marlos

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2016/01/19/Esportes/Imagens/Vivo/marlos.jpg
Gazeta do Pofo

Promovido ao profissional em 2006, o meia-atacante foi peça importante na conquista da Série B de 2007 no Estadual de 2008. Em 2009 foi apresentado como reforço de peso no São Paulo. Foram duas temporadas de altos e baixos e a equipe do Morumbi, que negociou Marlos por R$ 9,2 milhões com o Metalist, da Ucrânia.

No campeonato urcaniano chamou a atenção do Shaktar Donetsk, que comprou os direitos do meia. Aos 27 anos, Marlos tem tido boas atuações na equipe mais brasileira da Europa.

Felipe

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2016/01/19/Esportes/Imagens/Cortadas/6136430-kbfC-U102383076585PIB-1024x576@GP-Web.jpg
Rodolfo BUHRER/Gazeta do Povo

Pouco lembrado pelo torcedor, o defensor jogou três temporadas pelo Coritiba. Foi lançado nos profissionais em 2007 e ficou até 2009. Foi vendido para o Standard Liège, onde foi campeão belga. Em confronto pela Liga Europa contra o Hannover 96, da Alemanha, Felipe chamou a atenção dos alemães, que o contrataram. O zagueiro de 28 anos segue disputando a Bundesliga e aparece com frequência na equipe titular.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE