Zé Carlos acredita que pressão por lugar no time de cima poderá trazer nervosismo aos jovens do Coxa | Daniel Castellano / Agência de Notícias Gazeta do Povo
Zé Carlos acredita que pressão por lugar no time de cima poderá trazer nervosismo aos jovens do Coxa| Foto: Daniel Castellano / Agência de Notícias Gazeta do Povo

A estreia do time B do Coritiba no Paranaense no próximo domingo (19), às 17 horas, contra o Maringá – em seu primeiro ano na elite do Estadual –, no Willie Davids, será um jogo com várias dificuldades, na visão do treinador Zé Carlos. Em seu primeiro compromisso oficial no comando da equipe coxa-branca, o ex-treinador das categorias de base alviverde espera superar os desafios, para garantir uma largada vitoriosa no certame local.

"Sabemos que estrear fora de casa, dentro do Willie Davids, contra o time que foi campeão da segunda divisão, é algo que vai dificultar muito o nosso trabalho. Se estivéssemos em casa, a dificuldade seria a mesma, pois estaríamos diante de nossa torcida, e os jovens sentiriam a pressão", ressaltou Zé Carlos.

"Apesar disso, o time da estreia está consciente que temos que ir buscar a vitória agora" emendou.

A pouca experiência de alguns jogadores, e a ansiedade dos atletas na busca por um lugar no grupo comandado por Dado Cavalcanti é algo que pode atrapalhar o desempenho do Coritiba na partida inicial. Contudo, Zé Carlos garante que esse aspecto está sendo trabalhado com a equipe.

"A gente procura passar para eles que essa ansiedade e essa angústia de começar, quando a bola rolar, têm que ficar para trás. Vamos entrar em campo disputando um campeonato que é bem forte, onde sabemos que o interior vem com tudo, e que é há o risco de não classificarmos", afirmou o comandante.

O Coritiba viaja na manhã deste sábado (18) para Maringá.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]