Nedo Xavier terá tempo para treinar o Paraná antes do duelo contra o Mogi Mirim | Hugo Harada/Gazeta do Povo
Nedo Xavier terá tempo para treinar o Paraná antes do duelo contra o Mogi Mirim| Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo

A vitória do Paraná por 1 a 0 sobre o Luverdense, na noite desta terça-feira (9), na Vila Capanema, não poderia ter acontecido em momento mais providencial. O Tricolor deixou a zona de rebaixamento, aliviou a pressão sobre o elenco e garantiu tranquilidade para o técnico Nedo Xavier trabalhar o time nos próximos dez dias, hiato até o próximo duelo na Série B, contra o Mogi Mirim, dia 19 de junho, no próprio Durival Britto.

Veja como está a tabela de classificação da Série B

“Temos dez dias de trabalho para que a gente fortaleça, monte uma equipe forte. Temos de aproveitar esses dias, porque depois vem uma sequência de jogos bons. Temos jogadores saindo do departamento médico, que nos darão mais opções”, avaliou Nedo.

Após o Mogi, o Tricolor encara o Atlético-GO, fora de casa, e retorna para encarar o Criciúma, novamente na Vila. Dos recém-contratados, o zagueiro Rodrigo Sabiá e o atacante Wanderson estão em fase de transição do departamento médico e ficarão como opção para o Tricolor que, nos próximos três jogos, disputa dois em casa.

Confira como foi Paraná 1 x 0 Luverdense no lance a lance

Os jogadores também admitem que o intervalo de dez dias até a próxima partida será importante para que o grupo, que foi formado às pressas para a Série B, possa encontrar o melhor entrosamento.

“Esse período de trabalho nos dá muita confiança. É diferente passar esses dez dias após uma vitória, com pensamentos positivos”, avalia o atacante Fernando Viana. “O Nedo nos passa muita confiança, é experiente. Nesses dias que temos vamos trabalhar, vamos colocar a formação encaixada, para ter melhor desempenho”, prossegue o jogador.

“O centroavante precisa muito dos meias chegando junto ao ataque, para que fique mais fácil. Vamos ganhar mais entrosamento para fazer mais gols nas partidas e dar tranquilidade para o grupo”, completa Viana.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]