Computadores foram apreendidos na sede da Fifa em Zurique. | Ruben Sprich/Reuters
Computadores foram apreendidos na sede da Fifa em Zurique.| Foto: Ruben Sprich/Reuters

Oito dias se passaram desde a renúncia de Joseph Blatter da presidência da Fifa. E, nesta quarta-feira (10), a polícia da Suíça apreendeu os computadores da entidade para investigar a possibilidade de desvio de dinheiro. De posse dos computadores da sala de Blatter, as autoridades locais têm a esperança de avançar no caso em conjunto com o FBI.

O objetivo seria encontrar informações que auxiliem na investigações e que poderiam estar nos computadores do secretário-geral Jérôme Valcke e do diretor financeiro, Markus Kattner.

Ao todo, sete dirigentes da Fifa estão detidos em Zurique. Um deles é o ex-presidente da CBF, José Maria Marin. São 14 réus acusados de extorsão, fraude, lavagem de dinheiro na escolha das sedes da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, e 2022, do Qatar.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]