Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Atletas do Fluminense se abraçam para comemorar a vitória sobre o Internacional na semifinal da Primeira Liga. | Ed Ferreira/Brazil Photo Press/Folhapress
Atletas do Fluminense se abraçam para comemorar a vitória sobre o Internacional na semifinal da Primeira Liga.| Foto: Ed Ferreira/Brazil Photo Press/Folhapress

O Fluminense é finalista da Primeira Liga. Nos pênaltis, o time tricolor venceu o Internacional após empate por 2 a 2 no tempo regulamentar, nesta quarta-feira (23), em Brasília (DF), e avançou para a decisão. Vitinho, para os colorados, e Osvaldo, para os tricolores, marcaram duas vezes cada e definiram o empate.

Nos pênaltis, Vitinho acertou o travessão. O zagueiro Jackson complicou ainda mais a vida do Inter ao parar nas mãos de Cavalieri. Faltava apenas Felipe Amorim converter para chegar a final, mas Muriel defendeu. Andreson, porém, desperdiçou nova cobrança e mandou os cariocas para a final.

Com o Estádio Mané Garrincha recebendo um público reduzido – apenas 6.474 torcedores presentes –, as equipes iniciaram a partida com muita disposição e pouco futebol. O Fluminense estava sem as principais lideranças em campo, uma vez que Diego Souza voltou para o Sport e Fred está suspenso. Por outro lado, o Inter também sofria com desfalques importantes, como o de Alisson, convocado para a seleção brasileira.

O Fluminense ficou com a posse da bola e tentava imprimir um forte ritmo sobre o rival. Pelos lados do campo, criou boas oportunidades. Mas quando perdia a bola via um Internacional perigoso. E foi assim que Vitinho abriu o placar aos 24 minutos. Ele aproveitou confusão na área e estufou as redes defendida por Cavalieri.

O Internacional, porém, não conseguia bloquear os passes dos armadores do Fluminense, que buscavam a velocidade de Osvaldo. Na segunda vez que foi acionado às costas da defesa, o atacante não desperdiçou. Chutou forte para o gol e contou com falha de Muriel, que havia feito algumas boas defesas, para empatar o jogo, aos 29 minutos. O Fluminense ainda tentou a virada, mas a falta de pontaria não ajudou até o fim do primeiro tempo.

Após o intervalo, o time mandante seguia superior ao adversário e mostrou isso em campo. A virada não veio de imediato, mas saiu aos 15/2º, novamente com Osvaldo. Wellington Silva e Marcos Júnior fizeram jogada e a bola sobrou para o atacante, atento, empurrar para o fundo do gol: 2 a 1.

O Inter passou a pressionar o rival na base da vontade e com muitos cruzamentos na área. Mas as principais chances quem tinha era o Fluminense, que obrigava Muriel a fazer grandes intervenções. Aos 40min, Vitinho voltou a brilhar ao aproveitar rebote e igualar o marcador. Depois, nos pênaltis, venceu o time carioca.

Fluminense (3) 2 x 2 (2) Internacional

FLUMINENSE

Diego Cavalieri; Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Pierre, Cícero, Gérson (Felipe Amorim) e Scarpa; Osvaldo (Douglas) e Magno Alves (Marcos Júnior)

Técnico: Levir Culpi

INTERNACIONAL

Muriel; William, Jackson, Ernando e Artur (Raphinha); Silva (Marquinho), Fabinho, Anderson e Alex (Andrigo); Eduardo Sasha e Vitinho

Técnico: Argel Fucks

Estádio: Mané Garrincha, em Brasília (DF). Árbitro: Sandro Meira Ricci. Gols: Vitinho (I), aos 24/1º, e Osvaldo (F), aos 29/1º; Osvaldo (F), aos 19/2º, e Vitinho (I), aos 40/2º.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]