i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Basquete

Moncho Monsalve: "Eu posso ficar o tempo que a CBB quiser no Brasil"

Técnico conversa com presidente da entidade na Espanha. Decisão sobre sua permanência à frente da seleção sai até o dia 17 de dezembro

  • PorGloboEsporte.com / Globo.com
  • 27/11/2009 20:38

O técnico Moncho Monsalve manifestou o desejo de seguir no comando da seleção brasileira masculina. Nesta sexta-feira, o treinador se reuniu com o presidente da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), em Murcia, na Espanha, onde Moncho se recupera de uma cirurgia na coluna. Por recomendação médica, ele só poderá vir ao Brasil depois de fevereiro. Na temporada de 2010, a seleção terá duas importantes competições: o Campeonato Sul-Americano do Paraguai (26 a 31 de julho), que classifica para os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara e o Pré-Olímpico das Américas; e o Mundial da Turquia (28 de agosto a 12 de setembro).

"Sei que posso continuar ajudando o basquete brasileiro, inclusive na formação de novos valores. Não vejo nenhum problema na questão salarial e também posso ficar o tempo que a CBB quiser no Brasil. Não tenho mais nenhum vínculo com a Federação Espanhola. Para termos sucesso no Mundial precisamos fazer novamente uma boa preparação e manter o excelente diálogo entre comissão técnica e jogadores. O André Alves, diretor técnico da CBB, e o Vanderlei Mazzuchini, diretor de seleções masculinas, virão à Espanha após o sorteio do Mundial da Turquia (15 de dezembro) e então definiremos tudo", disse Moncho.

Na próxima semana, o presidente da CBB, Carlos Nunes, enviará ao treinador o planejamento feito pelo departamento técnico para o período de 2010 a 2016, que será apresentado para o Comitê Olímpico Brasileiro na segunda-feira.

"O Moncho deixou bem claro que quer continuar como técnico do Brasil e que a questão financeira não é problema. Vamos aguardar a posição dele sobre suas condições físicas e o nosso planejamento. Queremos definir a permanência dele ou não até 17 de dezembro", afirmou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.