Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Olimpíadas
  4. 2012
  5. Ratinho pode ir a comício do filho desde que não se apresente como artista

Eleições 2012

Ratinho pode ir a comício do filho desde que não se apresente como artista

O pai não poderá ser associado como personalidade artística e apresentar os eventos de campanha, sob pena de ser multado em R$ 50 mil

  • Isadora Camargo, especial para a Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A Justiça Eleitoral liberou com restrições a participação do apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho nos comícios de campanha do filho Ratinho Junior, candidato do PSC a prefeito de Curitiba. O pai não poderá ser associado como personalidade artística e apresentar os eventos de campanha, sob pena de ser multado em R$ 50 mil.

Outra determinação da sentença, proferida na terça-feira (18) pela juíza da 4ª zona eleitoral, Dr. Adriana Ayres Ferreira, foi proibir a Coligação Curitiba Criativa, de Ratinho Junior, de distribuir panfletos que falam em “censura” a restrição da participação do pai na campanha. Foi fixada multa de R$ 2 mil por folheto, se a determinação não for cumprida. Segundo o TRE-PR, panfletos com o mesmo conteúdo já haviam sido proibidos anteriormente sob pena de R$ 1 mil, no dia 7 de setembro.

A juíza reconheceu na decisão que a sentença anterior não proibia a participação do pai de Ratinho Júnior na campanha, e limitava-se a restringir a distribuição de panfletos que se referissem a “censura” na participação do pai.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), Ratinho só poderá participar da campanha como pai do candidato, sem usar bordões ou fazer alusões ao programa que apresenta na televisão.

A campanha de Ratinho Júnior não recorreu da decisão por considerá-la adequada. “Houve tentativa de censura, mas a interpretação da juíza foi correta e nós acatamos. O pedido da coligação de [Luciano] Ducci era mais amplo, de proibir a participação na campanha de Ratinho, mas a liminar dada pela juíza é adequada em não associar o mesmo como apresentador de TV. Como nunca usamos essa imagem, não recorremos. Ratinho aparece como cidadão e pai”, explicou o assessor jurídico da campanha de Ratinho Júnior, Guilherme Gonçalves.

A coligação “Curitiba sempre na frente”, do prefeito e candidato a reeleição Luciano Ducci (PSB), que moveu a ação, pode recorrer ao TRE-PR.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE