i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Campeonato Paranaense

Allan Aal cobra “postura” de Robson após provocação à torcida do Paraná e cartão

  • PorLuana Kaseker, especial para a Gazeta do Povo
  • 07/03/2020 20:28
Robson marcou o segundo gol do Paraná
Robson marcou o segundo gol do Paraná| Foto: Albari Rosa / Foto Digital / Gazeta do Povo

O meia Robson protagonizou uma cena polêmica na vitória sobre o União Beltrão por 2 a 0, neste sábado (7), na Vila Capanema, pela 10ª rodada do Paranaense. Após marcar o segundo gol do Tricolor, o meia se exaltou na comemoração e fez gestos de provocação para a torcida que assiste aos jogos no setor Reta do Relógio.

>>> LANCE A LANCE: Veja como foi Paraná 2 x 0 União Beltrão

A consequência foi vaiado a cada momento em que pegava na bola. E, ao receber um cartão amarelo por uma discussão no mesmo setor, recebeu xingamentos de alguns torcedores. O técnico Allan Aal afirmou que não viu a situação, mas admitiu que vai cobrar uma melhor postura do meia e de todos os jogadores do elenco.

>>> TABELA: Confira a classificação do Paranaense 20 e os próximos jogos

“Eu não vi, mas vou cobrar. Temos que ter muito equilíbrio emocional. A gente tem que trazer sempre o torcedor para o nosso lado, com postura e respeito. Ele tem maturidade suficiente para saber trabalhar sob pressão. Não adianta a gente ficar irritado, são situações que a gente convive diariamente”, disse o treinador em entrevista coletiva.

“Vou conversar com ele. É um cara que trabalha muito, um menino muito bom, é jovem ainda, mas tem experiência suficiente para lidar com essa situação. Porque esse tipo de situação acaba trazendo uma coisa contrária. Tem que desabafar fazendo gols e vibrando com a torcida. Isso faz parte do futebol”, destacou Aal.

Contratado nesta temporada, Robson tem seis jogos pelo Tricolor, com dois gols marcados. Diante do União, o camisa 21 entrou no segundo tempo na vaga de Michel e, apesar da situação, atuou bem. Segundo o Aal, o meia ainda não se firmou na equipe por causa de uma lesão e das oscilações.

“Ele teve oportunidades de começar como titular, mas acabou se lesionado e oscilou muito. Hoje ele teve a oportunidade, soube aproveitar, mas precisa ter um pouco mais de equilíbrio. A gente não pode abrir mão de ninguém e o que eu posso fazer é colocar pra jogar”, afirmou o técnico paranista.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.