Jogadores  já estavam nas mesas nessa quinta-feira (17) na etapa de  Foz do Iguaçu do BSOP. | Heitor Pires/Divulgação
Jogadores já estavam nas mesas nessa quinta-feira (17) na etapa de Foz do Iguaçu do BSOP.| Foto: Heitor Pires/Divulgação

Desde quinta-feira (17) é realizado em Foz do Iguaçu a etapa paranaense do Campeonato Brasileiro de Poker, o Brazilian Series of Poker (BSOP), que conta com mais de 3 mil inscritos e R$ 3 milhões em premiação. Segundo a organização do evento, apesar de Curitiba ter muitos adeptos do jogo, a falta de estrutura impede que a capital sedie a competição.

“Nós temos muita vontade de voltar para Curitiba, onde a última etapa foi em 2012. Mas não existe na cidade um hotel com um grande espaço livre, de mil metros quadrados, para que seja montada a estrutura do evento”, conta Devanir Campos, diretor geral do BSOP.

Campos ainda relata que em eventos como esse cerca de 60% dos jogadores são de fora e, através de pesquisas feitas com eles, ficou comprovado que os participantes preferem se hospedar no mesmo local onde ocorrem os jogos.

“É uma questão de logística”, alega o diretor do BSOP, garantindo que, se esse espaço surgir no futuro, não há problemas para o Paraná receber duas etapas. “Estamos sempre de olho para novos espaços que surjam. Se existir a possibilidade, faríamos uma etapa paranaense no primeiro semestre e outra no segundo”, garante.

Coaches ensinam a obter melhores resultados na mesa de poker

Leia a matéria completa

Enquanto isso, o Wish Resort Golf Convention, em Foz do Iguaçu, já começou a receber os principais jogadores de poker do país, como André Akkari, Thiago Decano e Bruno Foster. No total, serão 16 torneios nessa etapa, com a entrada mais barata custando R$ 600 e a mais cara R$ 7 mil.

Para a disputa principal, que começa nessa sexta-feira (18), a entrada custa R$ 2.600, mas é possível conseguir a vaga através de torneios menores, chamados de satélites. A previsão é que mil pessoas se inscrevam no chamado “main event” e sejam pagos em torno de R$ 2 milhões para os premiados. O primeiro colocado deve levar para casa cerca de R$ 400 mil. Na segunda-feira (21) e na terça-feira (22) – quando está prevista a mesa final – ocorrerá transmissão ao vivo pela internet.

“A nossa expectativa é que essa seja a maior etapa do BSOP já feita no Sul do Brasil e talvez a maior fora de São Paulo”, conta Campos. Na capital paulista são três etapas anuais.

A reportagem entrou em contato com o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Paraná, Orlando Kubo, para saber se existe algum projeto de um hotel com um espaço suficiente para a realização do BSOP em Curitiba. Kubo afirmou que nenhum projeto chegou ao conhecimento da associação por enquanto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]