Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Michael Phelps com crianças da favela da Rocinha: americano está no Rio para participar do Prêmio Laureus, o Oscar do esporte | Pilar Olivares / Reuters
Michael Phelps com crianças da favela da Rocinha: americano está no Rio para participar do Prêmio Laureus, o Oscar do esporte| Foto: Pilar Olivares / Reuters

Maior medalhista da história dos Jogos Olímpicos, o ex-nadador Michael Phelps, de 27 anos, caiu na água com crianças da comunidade da Rocinha, no Rio de Janeiro, nesta manhã de segunda-feira. Um dos indicados na categoria "Atleta Masculino do Ano" para o Prêmio Laureus, considerado o Oscar do esporte, que será entregue nesta noite, no Theatro Municipal do Rio, o astro norte-americano distribuiu toucas de natação de sua fundação e medalhas para alunos do Complexo Esportivo da Rocinha.

"Por que você nada tão rápido?", perguntou uma das crianças ao ganhador de 18 ouros olímpicos, duas pratas e dois bronzes. "Eu sempre quis fazer algo que ninguém jamais tinha feito no esporte. Para isso, sempre trabalhei e me dediquei muito", respondeu o agora nadador aposentado, que estava acompanhado do maior medalhista brasileiro na história dos Jogos Paralímpicos, Daniel Dias, e do sul-africano Chad le Clos, que bateu Phelps em Londres na final dos 200 metros borboleta.

Este ano, Daniel - que ganhou o Laureus em 2009 - concorre mais uma vez na categoria de Paratleta do ano. Ele é o brasileiro com o maior número de indicações para o prêmio: cinco vezes. Alan Fonteles, que bateu o então favorito Oscar Pistorius na final dos 200 metros T44, concorre na mesma categoria.

No Rio pela segunda vez - esteve na cidade em outubro do ano passado -, Michael Phelps parece cada dia mais satisfeito com a aposentadoria, anunciada durante os Jogos de 2012. "Honestamente estou me divertindo. Disse isso muito nos últimos dias, mas eu simplesmente amo estar aposentado. Estou feliz, sorrindo, mais relaxado... É algo que eu estava buscando há muito tempo e estou feliz por ter alcançado", disse.

Ele elogiou o nadador brasileiro Thiago Pereira, que bateu Phelps nos 400 metros medley em Londres e faturou a medalha de prata. O norte-americano ficou com o bronze e seu compatriota Ryan Lochte, com o ouro. "Thiago vem crescendo muito. Ele é provavelmente um dos melhores que vi neste último verão. Tenho certeza de que novos garotos surgirão, vocês verão eles ou elas nos próximos anos e será divertido assistir. Em todo país-sede, sempre surgem novos rostos", ressaltou.

Na categoria de Atleta Masculino do Ano, Phelps concorre com o jamaicano Usain Bolt, os britânicos Mo Farah e Bradley Wiggins, o argentino Lionel Messi e o alemão Sebastian Vettel. Outro brasileiro indicado para o Laureus é o atacante do Santos Neymar como Revelação.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]