Kerber não conseguiu segurar as lágrimas após a conquista do segundo Grand Slam no ano. | Alex Goodlett/AFP
Kerber não conseguiu segurar as lágrimas após a conquista do segundo Grand Slam no ano.| Foto: Alex Goodlett/AFP

A tenista Angelique Kerber se tornou a segunda alemã a ganhar o US Open, depois da lendária Steffi Graf, ao derrotar neste sábado em três sets, 6-3, 4-6, 6-4 a tcheca Karolina Pliskova na final do último Grand Slam do ano.

Ao lado de Murray, Soares é campeão do US Open, seu segundo Grand Slam no ano

Leia a matéria completa

Este é o segundo título de Grand Slam de Kerber na temporada, depois da conquista do Aberto da Austrália, e valerá a tenista alemã o primeiro lugar do ranking WTA.

A alemã chegou à final do US Open pela primeira vez na carreira ao derrotar nas semifinais a dinamarquesa Caroline Wozniacki.

“É incrível conquistar dois títulos de Grand Slam no mesmo ano, é a melhor temporada da minha carreira e foi aqui que tudo começou para mim”, lembrou Kerber, que chegou às semifinais do US Open em 2011 quando era apenas a 92ª tenista do mundo.

Aos 28 anos, Kerber vem fazendo temporada 2016 impressionante com três títulos, sendo dois Grand Slams, e disputou quatro das cinco finais mais importantes do ano (derrota em Wimbledon e nos Jogos do Rio-2016). Sua única grande frustração foi em Roland Garros, onde foi eliminada na estreia.

Já Pliskova, que disputou sua primeira final de Grand Slam, foi responsável por eliminar nas semifinais a favorita ao título, a americana Serena Williams, que cairá para o segundo lugar no ranking.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]