Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | /Gazeta do Povo
| Foto: /Gazeta do Povo

A crescente discussão sobre espaços para ciclistas nos centros urbanos e o aumento do número de pessoas que adota a bicicleta como meio de transporte tem incentivado as pessoas a aderirem ao ciclismo. Transformar a vontade de pedalar em prática, porém, exige alguns questionamentos. O primeiro, invariavelmente, é: que bicicleta comprar?

Em geral, futuros ciclistas se surpreendem ao ver como o custo é variável: bicicletas aparentemente parecidas podem custar desde US$ 200 a US$ 500 (isso falando de equipamentos para amadores. Uma bike profissional pode chegar a mais de US$ 1.000). Sem contar os modelos, cores, acessórios, tipos de equipamentos.

Também é necessário considerar o biótipo de cada futuro ciclista. Mulheres, por exemplo, têm características físicas diferentes dos homens. Entre as medidas a serem corrigidas, estão as alturas de selim e guidom, além da melhor distância entre esses dois equipamentos.

Recomendações para a compra da sua bike

1 – Bicicleta boa permite ajustes finos para adaptações.

2 – Compre também capacete e luvas de proteção.

3 – Teste muitos modelos antes de se decidir.

4 – Evite as bicicletas mais baratas. Em geral, são montadas com peças de baixa durabilidade.

5 – Fuja de bikes em que o guidom é soldado ao conjunto da mesa: a qualidade é inferior.

6 – Há um tamanho certo de bicicleta para cada ciclista. Peça para calcular o seu.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]