i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Basquete

Treinado por Janeth, Brasil fica em 6º no Mundial Sub-19

Este é o segundo bom resultado seguido do Brasil no campeonato. Há dois anos, a seleção brasileira terminou com a medalha de bronze

  • PorAgência Estado
  • 28/07/2013 13:13

Se no adulto o Brasil está longe de reviver seus melhores momentos, nas categorias de base o basquete feminino brasileiro ainda consegue bons resultados. Neste domingo (28) chegou ao fim o Mundial Sub-19, disputado na Lituânia, e a equipe treinada por Janeth Arcain terminou no sexto lugar.

No jogo que valia a quinta colocação, neste domingo, a vitória foi da China, por 68 a 65. A ala Isabela Romana foi a cestinha da partida, com 23 pontos. Ainda somou cinco rebotes e quatro assistências. "A equipe chegou um pouco desgastada ao nono jogo da competição, mas as meninas lutaram até o último segundo em busca da vitória", comentou Janeth.

Este é o segundo bom resultado seguido do Brasil no Mundial Sub-19. Há dois anos, com Damiris sendo eleita a MVP (jogadora mais valiosa) do torneio, a seleção brasileira terminou com a medalha de bronze.

Desta vez o elenco teve como destaques, além de Isabela Ramona, também a ala/pivô Vanessa Gonçalves, que cravou duplo-duplo no final, e a ala Izabella Sangalli. Na campanha, o Brasil venceu Rússia, Coreia do Sul e Sérvia na fase de grupos, bateu o Japão, mas perdeu para Austrália a Espanha na segunda fase, Acabou eliminado pela França nas quartas de final. França, Austrália e Espanha terminaram, respectivamente, no segundo, terceiro e quarto lugares, atrás apenas dos EUA.

"Esse Mundial foi um excelente aprendizado para todo o grupo, jogadoras e comissão técnica. Ser a sexta do mundo não é nenhum demérito. Muito pelo contrário. Mostra que o Brasil continua entre as principais forças da modalidade. Tenho que enaltecer todo o trabalho que fizemos nesses últimos quatro anos com essa geração. Posso garantir que cada um de nós se dedicou ao máximo em cada momento", destacou Janeth.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.