Recuperado da tendinite no músculo adutor da coxa esquerda, o atacante Ariel vinha treinando normalmente e tinha tudo para retornar ao time diante do Paranavaí, hoje à noite, no interior do estado. Porém, acabou vetado de última hora e permaneceu em Curitiba. O motivo: uma virose gastrointestinal (rotavírus).

"Ele apresentou este quadro de infecção na segunda-feira. Foi medicado e teve uma melhora, mas não foi possível liberá-lo para jogo. É um mal súbito que pode ocorrer em qualquer pessoa, qualquer atleta", afirmou Walmir Sampaio, médico do Coritiba.

Como o argentino está discutindo com a diretoria alviverde a sua permanência no Alto da Glória, logo se especulou que a ausência dele tivesse alguma relação com a negociação. "Não tem nada disso. Foi apenas uma infeliz coincidência", completou Sampaio.

Dessa forma, fica a expectativa sobre a participação de Ariel no clássico contra o Paraná, no próximo domingo. "Ele será poupado nas próximas 48 horas e acredito que estará liberado sem problema algum", finalizou o médico. A tendinite afastou Ariel da equipe por duas rodadas, nas vitórias sobre Operário (1 a 0) e Iraty (3 a 1). (AP)

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]