Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Dagoberto comemora um dos dois gols de cabeça que fez na vitória sobre o Peixe | Wagner Carmo/Vipcomm
Dagoberto comemora um dos dois gols de cabeça que fez na vitória sobre o Peixe| Foto: Wagner Carmo/Vipcomm

Mesmo com um jogador a me­­nos desde os 12 minutos do se­­gundo tempo, quando Richar­ly­son foi expulso, o São Paulo consegiu vencer por 4 a 3 o San­tos, no Morumbi. O resultado brecou a ascensão do time da Vila Belmiro, que vinha de duas vitórias. De quebra, a equipe do Mo­­rumbi en­­cerra o tabu no clássico, que ainda não havia vencido nesta temporada.

Com isso, o São Paulo, que te­­ve o goleiro Rogério Ceni como um dos destaques, che­­gou aos 44 pontos, na zona intermediária da tabela, enquanto o Santos fi­­cou nos 48 pontos, seis a menos do que o líder Cruzeiro.

O Peixe abriu o placar aos 3 mi­­nutos, com Alan Patrick aproveitando rebote de Ceni. Três minutos depois, o Tricolor reagiu com Da­­goberto de cabeça. Aos 16, o São Paulo virou, com Dabo­berto novamente de cabeça. Dois mi­­nutos depois, o ex-atleticano chutou e o lateral Paraná fez contra.

No segundo tempo, Zé Eduar­do descontou para o Santos, aos 20 mi­­nutos, aproveitando cruzamento de Pará. Aos 26, Neymar em­­­­patou para o Alvinegro de pênalti.

A vitória são-paulina saiu nos acréscimos, quando Jean aproveitou rebote do goleiro Rafael.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]