i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Natação

Técnico assume culpa pelas derrotas de Cesar Cielo: ‘Eu o decepcionei’

Australiano Brett Hawke explicou que não esteve tão próximo do brasileiro quanto gostaria e que eles deram atenção demais para o trabalho físico

  • PorGloboesporte.com
  • 23/08/2010 10:26

As derrotas recentes de Cesar Cielo têm explicação. De acordo com o técnico Brett Hawke, ele é o responsável pelo desempenho abaixo do esperado que o brasileiro apresentou no Pan-Pacífico, disputado na semana passada, na cidade americana de Irvine. O australiano disse que não esteve tão próximo quanto gostaria e que eles deram muita atenção ao trabalho físico e pouca à parte aeróbica. Brett Hawke afirmou que é necessário "mais natação".

"Eu o decepcionei como treinador. Nesta temporada, tive dificuldades porque precisei terminar meus estudos de psicologia. Quando vi Cesar nadar aqui, percebi que não era o Cesar que eu conheço", disse o treinador, em entrevista ao jornal "Folha de S. Paulo", que já está planejando mudanças na preparação do atleta.

Cielo conquistou três medalhas individuais no Pan-Pacífico. Supreendeu ao ganhar o ouro nos 50m borboleta. Nos 100m livre, prova na qual é o recordista mundial, ficou com o bronze. Emocionado, disse que nunca mais deixaria aquilo ocorrer em sua carreira. No entanto, o pior ainda estava por vir. Campeão mundial e olímpico dos 50m livre, além de detentor da melhor marca, levou a prata.

"Aqui é um Pan-Pacífico, não Jogos Olímpicos ou Mundial. Nós sabemos que podemos fazer melhor. É importante para ele sentir isso. Aprender que é impossível vencer o tempo todo. É melhor sentir isso aqui do que no Mundial ou na Olimpíada", explicou Hawke.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.