i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Futebol Internacional

Três votos da América do Sul são de Espanha/Portugal para Copa de 2018

Ricardo Teixeira, Julio Grondona e Nicolás Leoz vão apoiar candidatura ibérica para receber o Mundial daqui a oito anos

  • PorGloboEsporte.com / Globo.com
  • 29/11/2010 13:30

O presidente da CBF e do comitê organizador da Copa do Mundo de 2014, Ricardo Teixeira, vai votar na candidatura conjunta de Espanha e Portugal para ser sede do Mundial de 2018. Além dele, outros dois representantes da América do Sul também vão apontar a campanha ibérica para receber o torneio daqui a oito anos. Júlio Grondona, vice executivo da Fifa e mandatário da Associação de Futebol Argentina (AFA), e Nicolás Leoz, presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), vão seguir a indicação do brasileiro.

O resultado da eleição para a escolha das sedes de 2018 e 2022 será anunicado na próxima quinta-feira, em Zurique, na Suíça. Os europeus concorrem para o Mundial daqui a oito anos. As candidaturas conjuntas de Bélgica e Holanda e Espanha e Portugal lutam contra a Inglaterra e a Rússia, que também sonham com a competição.

Para a Copa de 2022, Estados Unidos, que são os favoritos, brigam com a Austrália, o Qatar, a Coreia do Sul e o Japão. Os dois últimos, em conjunto, receberam o Mundial de 2002. Naquela ocasião, o Brasil foi campeão do mundo ao vencer a Alemanha por 2 a 0.

A eleição para a escolha das sedes funciona da seguinte maneira: os membros do comitê executivo analisam os relatórias das comissões, a qualidade das instalação dos países candidatos, de recursos que serão investidos e das condições de interesse geral de cada campanha. Em reunião comandada pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, eles indicam os vencedores. São 25 membros, divididos da seguinte maneira: oito do continente europeu, quatro da África, quatro da Ásia, seis das Américas, dois da Oceania e o mandatário da entidade máxima do futebol.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.